TUSC 2015 – Equipes começam a se mobilizar.

2014_Tudor_United_SportsCar_Championship_logo
Depois do seu primeiro ano de vida o TUSC ruma para um 2015 cheio de novidades, mesmo sabendo que as principais mudanças serão apenas em 2016 quando novos regulamentos de Protótipos e GTs estarão em vigor.
O site Sportcar365.com divulgou um “status” das equipes das classes P e PC para o próximo ano.
Categoria P:
Action Express: Vencedores da primeira edição do TUSC, João Barbosa e Christian Fittipaldi voltarão a competir em 2015. A equipe vai alinhar um segundo carro para competir durante toda a temporada. (2 carros).
Wayne Taylor Racing: Os irmãos Ricky e Jordan Taylor voltam a competir com o Corvette bancado pela Konica Minolta Foi cogitado um segundo carro, porém sem grandes avanços. (1 carro).
Spirit of Daytona Racing: Tanto Richard Westbrook, quanto Michael Valiante estão confirmados no Corvette #90. A equipe pode ser renomeada para VisitFlorida.com Racing. (1 carro).
Chip Ganassi Racing: Uma das principais equipes do Grid é esperado pelo menos um Ford Riley. Os pilotos devem ser Memo Rojas e Scoot Pruett. (1 carro).
SpeedSource: Única equipe que deve alinhar modelos LMP2 durante toda a temporada a SpeedSource não divulgou maiores detalhes do seu programa, bem como pilotos. A única certeza é que veremos novamente os belíssimos Lola Coupe. (2 carros).
DeltaWing: Sob comando de Don Panoz deve receber um forte investimento financeiro. Não se sabe se a equipe vai competir em todas as provas da temporada. (1 carro).
Michael Shank Racing: Até o momento a equipe não revelou qualquer plano para 2015, porém as opções são grandes como a compra de um Ligier JS P2, ou outro LMP2 equipado com o competente motor Ford EcoBoost. Pilotos também não foram divulgados. (1 carro).
Extreme Speed Motorsport: A equipe que sentiu o gostinho de competir no WEC em Austin, não divulgou seu programa para 2015. É meio que improvável que irão competir na temporada completa, e sim apenas nas provas longas que fazem parte da copa Patron. Os novos HPD ARX-04b devem ser entregues logo. (2 carros).
StarWorks Motorsport: O time liderado por Peter Baron está trabalhando para alinhar durante toda a temporada um HPD ARX-04b. Porém se os planos não derem certo a equipe volta a competir como Riley DP, mas com um motor BMW. Alex Popow e Scoo Mayer deve ser os pilotos titulares. (1 a 2 carros).
8star Motorsports: Ausente na segunda metade do campeonato na classe PC a equipe de Enzo Potolicchio deve voltar a competir na classe P, com um possível HPD-04b. Luis Diaz é um dos pilotos quase confirmados. (1 carro).
OAK Racing: Outra equipe que deve apenas competir nas provas longas, volta com seu Ligier JS P2. O time Frances já tinha declarado que não iria competir contra clientes, porém pelo menos no TUSC a coisa não é bem assim. Gustavo Yacaman é um dos pilotos a se confirmar. (1 carro).
Krohn Racing: Trocou a Ferrari da classe GT-LM pelo Ligier da classe P. A equipe deve alinhar somente nas provas longas. (1 carro).
Rahal Letterman Lanigan: De concreto mesmo é a participação de seus BMW na classe GT-LM, porém o time está trabalhando para alinhar um Riley. (1 carro).
RG Racing: Grupo situado em Ohio deve alinhar um Riley DP que já foi da equipe Michael Shank Racing. Se alinhar deve correr apenas provas longas. (1 carro).
RSR Racing. Paul Gentilozzi, dono da equipe estuda o aluguel de um Oreca 03 para “subir” de classe, ou voltar a competir na classe PC, ou fazer uma investida no WEC e ELMS. (1 carro).
Classe PC:
Core Autosport: Jon Bennett e Colin Braun estão confirmados no #54 , para lutar na defesa do seu título. Um segundo carro está nos planos. (1 carro).
8Star Motorsport: Além do programa na classe P, são esperados mais dois Oreca FLM9. (2 carros).
StarWorks Motorsport: Deve voltar a alinhar como um dos seus carros alugados para Martin Fuentes, Mirco Schultis e Adam Merzon. Porém a estrutura da equipe comporta três carros simultaneamente. ( 1 ou 2 carros).
BAR1 Motorsports: Depois de uma temporada complicada, a equipe deve alinhar 2 carros. (2 carros).
PR1/Mathiasen Motorsports: Outra equipe que teve um ano complicado, volta a alinhar 1 carro. Sem pilotos confirmados. (1 carro).
Performance Tech Motorsports: Equipe que volta a alinhar apenas 1 carro. Jerome Mee, já foi confirmado como piloto. Tanto David Ostella e James French estão negociando para ficarem na equipe. (1 carro).
JDC/Miller Motorsports: Vai para seu segundo ano, e deve se firmar com 1 carro pelo menos. Mikhail Goikhberg foi o primeiro piloto confirmado. (1 carro).
RSR Racing: Opções estão sendo estudadas, porém o mais certo é a equipe ficar na classe LMPC. (1 carro).
Published
5 anos ago
Categories
2015DPLMP2LMPCUnited SportsCar Racing
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *