Treino classificatório vai definir posições das equipes nos boxes em Daytona

(Foto: IMSA)

(Foto: IMSA)

A IMSA vai adotar durante os testes oficiais para as 24 horas de Daytona em Janeiro, o ROAR, um treino classificatório para definir as posições das equipes nos boxes. O treino será no dia 7 de janeiro e cada classe terá 15 minutos para obter tempo.

Esta é uma das novidades que a entidade americana está inserindo na temporada 2018 da IMSA. Também está previsto para o dia 6 de janeiro uma corrida da IMSA Challenge com os novos protótipos LMP3. “Os aprimoramentos planejados para o Roar antes das 24 horas de Daytona de 2018 trarão mais emoção para um fim de semana já intrigante para os fãs da corrida”, disse o vice-presidente da IMSA, Simon Hodgson.

“Como vimos ao longo dos últimos anos, cada segundo conta em Daytona, assim as equipes estarão motivadas para conquistar um boa posição nos boxes.”

“Da mesma forma, a adição do primeiro IMSA Prototype Challenge com seu novo formato de corrida de resistência será popular entre os nossos fãs”.

Além do protótipo mais rápido, o melhor carro na classe GTD e GTLM, serão agraciados com a segunda e terceira posições nos boxes respectivamente. A contagem será a mesma conforme a classificação no treino. Equipes com dois carros inscritos, terão as duas vagas juntas.

 

Published
4 semanas ago
Comments
Comentários
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.