Toyota vence as 6 Horas de Xangai

Equipe japonesa não deu chances para a Porsche (Foto: Toyota)

Equipe japonesa não deu chances para a Porsche (Foto: Toyota)

A Toyota venceu na madrugada deste domingo, 05, a penúltima etapa do Mundial de Endurance que foi realizada no circuito de Xangai na China. Sebastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima não tiveram dificuldades em superar a equipe Porsche, que chegou em segundo lugar com o 919 #2 de Timo Bernhard, Earl Bamber e Brendon Hartley. Com o resultado o trio da Porsche conquistou o título da temporada de pilotos e construtores.

A história da corrida poderia ter sido outro vencedor se José Maria López, não tivesse provocado um erro, que acabou custando a título para a equipe japonesa. Lopez liderava quando bateu o TS050 #7. O toque foi em cima do Porsche #91, o que custou uma dobradinha da equipe. Com o resultado o #7 terminou sete voltas atrás do vencedor, depois de ficar 1 hora, realizando reparos. Se não bastasse o resultado, o trio foi punido em 10 segundos após o término da prova.

Resultado final

Na terceira colocação o Porsche #1 de Nick Tandy, Andre Lotterer e Neel Jani. O trio também enfrentou problemas com o LMP que sofreu com o acelerador do carro. Em nenhum momento a Porsche teve reais condições de superar a Toyota.

A equipe Rebellion conquistou a terceira vitória da temporada com o #31 pilotado por Bruno Senna, Julien Canal e Nicolas Prost. A diferença de 35,280 segundos foi em cima do Alpine #36 de Nicolas Lapierre, Gustavo Menezes e André Negrão. Em terceiro Oreca #13 da equipe Rebellion.

Harry Tincknell, Andy Priaulx venceram na classe GTE-PRO. A dupla do Ford #67 conquistaram a segunda vitória na temporada. Tincknell conseguiu segurar o Porsche #91 por grande parte da corrida, enquanto a Ferrari #51 da AF Corse completou o pódio. Mesmo com uma parada para troca de pneus e reabastecimento tardia, o #67 conseguiu manter a liderança nos momentos finais da prova.

O Porsche #91 foi pilotado por Richard Lietz e Fred Makowiecki, enquanto a Ferrari #51 teve Alessandro Pier Guidi e James Calado ao volante. Com o resultado a Ferrari conquistou o título de construtores na classe com uma corrida de antecedência. Na classe GTE-AM uma vitória tranquila para o Aston Martin #98 de Paul Dalla Lana, Pedro Lamy e Mathias Lauda. Foi a 50º vitória da AMR no WEC. Na segunda posição o Porsche #86 da equipe Gulf. O também Porsche da Dempsey Proton completou o pódio.

 

Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *