Toyota mais pesada para Le Mans

Toyota no WEC

(Foto: Divulgação)

Tentando equilibrar a classe LMP1, a direção do Mundial de Endurance anunciou nesta terça-feira, 21, um acréscimo de 10 quilos ao peso mínimo dos dois Toyota TS050, para a última etapa do Mundial de Endurance 2018/19, as 24 Horas de Le Mans.

EoT para Le Mans

Agora os dois protótipos terão um peso mínimo de 888 quilos. A decisão não foi divulgada no último EoT, divulgada pela organização da prova, mas é um acordo estabelecido entre a montadora e a FIA.

Os Toyota estavam com 904 quilos desde a quarta etapa, em Fuji, e deveriam retornar ao peso mínimo de 878 quilos. A capacidade do tanque de combustível não foi alterada. A gasolina máxima por stint para os protótipos não híbridos, está listada como “0,0” no EoT, divulgado na última semana.

Protótipos de equipes Rebellion Racing, DragonSpeed e ByKolles, poderão correr com peso mínimo em 816 kg, enquanto os modelos da BR Engineering da SMP Racing estarão com 833 kg. Normalmente, os carros LMP1 com motor aspirado receberam mais uma quebra de peso, tanto em relação ao Spa como à configuração do ano passado em Le Mans.

Para compensar o peso extra, a Toyota terá um aumento no fluxo de combustível passando de 108 para 115 kg/h. A alteração é a primeira desde Le Mans 2018.  

 

Published
5 meses ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *