Toyota lidera primeiro dia de treinos em Silverstone. Porsche se mostra cautelosa

(Foto: FIAWEC)

(Foto: FIAWEC)

O primeiro dia de treinos livres para as 6 horas de Silverstone, primeira etapa do Mundial de Endurance 2017 manteve os prognósticos do que ocorreu em Monza nos testes oficias da categoria.

A Toyota manteve o bom desempenho liderando as duas sessões de treinos. Com o TS050 #8 Kazuki Nakajima marcou 1:38.210. Em comparação com o tempo obtido no primeiro treino, também pela equipe Toyota, Nakajima foi 1.894 segundos mais rápido do que Sebastien Buemi. Na segunda posição o Toyota #7, que marcou 1:38.444. Os dois protótipos da Porsche ficaram com o terceiro e quarto lugares.

Segundo treino livre

Velocidades máximas

Utilizando um setup voltado para alto downforce, a Toyota espera garantir as primeiras posições no treino classificatório de sábado. Por outro lado a Porsche com seu kit voltado para Le Mans acredita que pode lutar pela primeira posição.

Para Nakajima não existe maneira melhor de começar o campeonato. “Foi um começo positivo para o fim de semana e me sinto feliz com o carro. Ela está forte e podemos ver uma clara melhoria do powertrain e chassi. Tudo correu bem assim para a primeira corrida do ano foi o começo ideal. Em termos de performance eu não sei exatamente onde estamos; ainda é difícil comparar com a Porsche, mas estamos todos felizes”.

Já Andreas Seidl, diretor da Porsche, o dia foi produtivo, porém a velocidade da Toyota revela uma certa preocupação do time alemão: “Nós tivemos um primeiro dia muito produtivo. Ambos 919 correram absolutamente livre de problemas e os pilotos estavam satisfeitos. Em comparação com Toyota, seremos mais lentos aqui, como esperado, por causa da aerodinâmica set-up que escolhemos. No entanto, os tempos de volta de hoje não são realmente comparáveis porque focamos na preparação para a corrida e não simular qualificação “.

Porsche liderou na classe GTE-PRO. (Foto: Porsche AG)

Porsche liderou na classe GTE-PRO. (Foto: Porsche AG)

A G-Drive liderou na classe LMP2 com Alex Lynn marcando 1:44.874. Se no primeiro treino a Aston Martin manteve as primeiras posições, na segunda seção foi a vez da Porsche liderar nas duas classes GT. O 911 RSR #92 liderou com Kevin Estre na classe PRO, enquanto o #86 da equipe Gulf fez o mesmo na classe AM.

Notícias sobre o primeiro dia do WEC em Silverstone:

  • Os pilotos do Campeonato do Mundo de Endurance da FIA reuniram-se sexta-feira de manhã para a tradicional foto, antes do início da atividade na pista em Silverstone sob um intenso frio. Um total de 27 carros são esperados para a prova de domingo, ao contrário dos 33 do WEC de 2016.

    (Foto: FIAWEC)

    (Foto: FIAWEC)

  • Os novos LMP2 continuam a impressionar, embora agora estejam ligeiramente mais distantes da classe LMP1 em termos de altas velocidades. O #24 da equipe Manor TRS foi o carro mais rápido na classe LMP2, marcando 276,9 km / h (172 mph), em comparação com o #7 Toyota, que conseguiu alcançar 291,9 km / h 181,3 mph

  • Com os dois fabricantes LMP1 optando por diferentes pacotes aerodinâmicos, corrida de domingo poderia proporcionar alguma emoção. A Toyota optou por operar em alta-downforce, com Porsche em baixo downforce. “Estamos tendo uma abordagem diferente, mas no final, acho que os resultados que estamos tentando alcançar é o mesmo”, disse o estreante da Toyota, Jose-Maria Lopez. “Vamos ver quem tem a decisão certa.”
  • Manor completou um shakedown com seu Oreca 07 na terça-feira em Snetterton, que marcou as primeiras voltas de Jean-Eric Vergne. O ex-piloto da Fórmula 1 faz sua estréia no WEC neste fim de semana. “Tudo é novo para mim. O carro, a equipe, o campeonato. Eu tenho muito por aprender, mas sou um aluno rápido “, disse ele.
  • Christian Ried reafirma planos para a Proton Competition para atualizar para o novo 911 RSR da Porsche, no ano que vem. Ele pretende encomendar quatro carros 2 no WEC e 2 no ELMS.
  • A equipe alemã tem um Porsche 2015 e participa no WEC e ELMS neste fim de semana, com Ried e Matteo Cairoli. Cairoli disse Sportscar365 que a única diferença nos carros são os pneus, com o ELMS que utiliza um pneu Dunlop com apenas uma tipo de especificação para a classe.

  • A KCMG poderia voltar a entrar no WEC no próximo ano com uma entrada na classe LMP1 privada, de acordo com Philippe Charissoux, chefe da KCMG Composites, que esteve presente em Silverstone na quinta-feira para a apresentação técnica da Ginetta LMP1. “KCMG não fez planos ainda”, disse Charissoux ao site Endurance-Info. “Vários programas estão em consideração para 2018, incluindo LMP1 não híbrido.”
  • Benoit Morand também está olhando para montar um programa LMP1 para o próximo ano. Um anúncio pode acontecer depois das 24 Horas de Le Mans. “LMP1 não híbrido não é simples, mas a categoria oferece perspectivas interessantes”, disse Morand ao site Endurance-Info. “A chave é o motor e o desenvolvimento já começou com um chassi em torno do motor.”

  • Matt Griffin está definido para ser o piloto mais atuante neste fim de semana. O irlandês participa nas corridas WEC e ELMS, bem como o duas de corridas do Campeonato GT britânico em Oulton Park na segunda-feira. Griffin, que está montando uma quadriciclo entre o WEC e o ELMS. Por conta do evento o piloto vai largar em último no evento de segunda por não ter tempo de participar dos treinos classificatórios em Outlon Park.

  • A equipe do WEC de Griffin, a Clearwater Racing, está fazendo sua estréia na série. Quase metade da tripulação é de origem asiática, tendo apoio técnico da AF Corse.

  • O #97 Aston Martin Vantage V8 de Darren Turner, Jonny Adam e Daniel Serra está correndo em cores azuis neste fim de semana, bem como na etapa de Austin do WEC. As cores originais da Aston Martin serão vistas nas demais etapas do campeonato.

    (Foto: FIAWEC)

    (Foto: FIAWEC)

  • O presidente da FIA, Jean Todt, estará presente na corrida de domingo. Esta é  primeira vez desde a edição 2016 das 24 horas de Le Mans que o dirigente volta a uma etapa do WEC.

As informações foram obtidas através do site sportscar365.com e endurance-info.com.

Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *