TDS Racing vence as 4 horas de Red Bull Ring

Mesmo com problemas nos faróis, desempenho da equipe foi forte. (Foto: ELMS)

Mesmo com problemas nos faróis, desempenho da equipe foi forte. (Foto: ELMS)

A Thiriet by TDS Racing, venceu na manha deste domingo (17), as 4 horas de Red Bull Ring. A terceira etapa da ELMS disputada na Áustria foi uma prova com muitas alternativas e uma boa dose de competência por parte dos pilotos do Oreca #46. Pierre Thiriet, Mathias Beche e Ryo Hirakawa souberam superar as adversidades durante a prova e consequentemente vencer.

O calvário do #46 começou cedo. O LMP2 teve que fazer duas paradas não programadas por conta de uma punição, já que um dos faróis dianteiros estava apresentando mal contato. Na primeira parada o problema não foi totalmente resolvido e os “olhos” do Oreca 05 voltaram a apresentar problemas. Na segunda foi preciso trocar toda a carenagem dianteira para finalmente enfrentar a prova sem medo de punições mais severas.

Classificação final das 4 horas de Red Bull Ring.

#2 da United Autosports vence depois da punição da Duqueine na classe LMP3. (Foto: ELMS)

#2 da United Autosports vence depois da punição da Duqueine na classe LMP3. (Foto: ELMS)

Seu principal rival, o Gibson da G-Drive Racing que no começo teve um pneu furado, conseguiu uma recuperação incrível. Harry Tincknell, estava em segundo lugar quando colidiu no Morgan #29 da Pegasus Racing. Conseguiu voltar aos boxes, trocar metade da carenagem esquerda seguir na prova. Terminou na terceira posição.

Em segundo chegou o Oreca 05 da Eurasia Motorsports que figurou entre os ponteiros por toda a prova. Tristan Gommendy, Pu Junjin e Nico Pieter tiveram um desempenho bem interessante. Deram trabalho ao Ligier #23 da Panis Barthez Competition que liderou no começo das 4 horas, mas ficou pelo caminho, terminando em sétimo na classe. O LMP2 foi vítima de um toque com a Ferrari da JMW Motorsports, além de sofre um drive-through por ter problemas nos faróis.

Ferrari da JMW Motorsports vence na GTE. (Foto: ELMS)

Ferrari da JMW Motorsports vence na GTE. (Foto: ELMS)

A vantagem que o Oreca da TDS Racing imprimiu nas horas finais foi considerável. Terminou 51 segundos a frente do Oreca da Eurasia. Se o Gibson da G-Drive não tivesse enfrentado problemas a vitória da TDS Racing poderia ter sido bem mais difícil.

Em quarto lugar o BR01 Nissan da SMP Racing. O melhor Ligier ficou na quinta posição, sendo o #25 da Algarve Pro Racing.  

Na classe LMP3, a vitória que tinha sido do Ligier #19 da Duqueine Engineering. Não durou muito. Por conta de não cumprir o tempo mínimo de parada nos boxes, os comissários adicionaram 4 segundos ao tempo total da prova. Assim o primeiro lugar ficou com o #2 da equipe United Autosports de Alex Brundle, Mike Guasch e Christian England.  O #19 ficou na segunda posição. Em terceiro o #6 da equipe 360 Racing.

A Ferrari #66 da JMW Motorsports de Rob Smith, Rory Butcher e Andrea Bertolini venceu na classe GTE, mesmo tendo se envolvido com o Ligier da equipe Panis Barthez. Em segundo a Ferrari #51 da AF Corse, seguida pela também Ferrari da AT Racing.

A próxima etapa será no tradicional circuito de Paul Ricard entre o dias 27 e 28 de agosto. Também está agendado para o final de semana, mas uma etapa da Michelin GT3 Le Mans Cup.

Published
2 anos ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *