Richard Westbrook e Michael Valiante vence em Laguna Seca

2015_Laguna_TUSC_0970

A quarta etapa do TUSC foi disputada neste Domingo (03) no tradicional circuito de Laguna Seca em Monterey na Califórnia. Com um domínio das equipes que correm com modelos Corvette DP, a vitória ficou com o #90 da VisitFlorida.com dos pilotos Richard Westbrook e Michael Valiante.

A vitória é a primeira da equipe nesta temporada liderada pela Flis Troy. Esta é a terceira vez que uma equipe que corre com modelos DP vence este ano, já que Action Express venceu em Daytona e a Wayne Taylor Racing em Sebring e Long Beach. É também a primeira vitória da equipe desde Watkins Glen em junho passado, e quebra uma seqüência de três terceiros lugares neste ano.

Resultado final da prova.

Valiante foi o primeiro a guiar o carro e o entregou para Westbrook na volta 22. Quase todas as equipes da classe P fizeram a troca de pilotos com a exceção do Corvette #10 da Wayne Taylor Racing, que tinha como primeiro piloto Jordan Taylor, que ficou mais tempo ao volante.

Westbrook que passou a maior parte da prova na segunda colocação atrás do #10 não deixou o líder abrir uma vantagem considerável, até que voltou a assumir a liderança na volta 84. Westbrook fez um splash para reabastecimento na volta 89 com pouco menos de 30 minutos restantes, voltou a frente de Taylor, e mesmo sofrendo uma forte pressão cruzou a linha a pouco mais de 1.3 segundos de vantagem.

Bruno Junqueira vence na classe PC. (Foto: Divulgação RSR)

Bruno Junqueira vence na classe PC. (Foto: Divulgação RSR)

Em terceiro o Ligier #60 da equipe Michael Shank Racing de Oswaldo Negri e Dane Cameron, que não pode fazer nada frente o bom desempenho dos modelos DP. Enquanto estava no volante Negri acabou batendo no Corvette #31 da equipe Action Exprees que era pilotado por Dane Cameron. Mesmo com o toque os dois carros permaneceram na prova.

Porém com o toque o desempenho do Ligier foi seriamente afetado e só restou a Pew e Negri manter o carro na pista. Em quarto e quinto os dois carros da Action Express, o #5 de Christian Fittipaldi e João Barbosa e em quinto o #31 de Eric Curran e Dane Cameron.

Em sexto na classe e surpreendendo a todos o Lola Mazda #70 de Jonathan Bomarito e Tristan Nunez que tiveram o melhor resultado do ano até agora.

Joey Hand e Scott Pruett, da equipe Chip Ganassi foram incapazes de ameaçar os líderes já que enfrentaram problemas com a caixa de marcas do Ford Riley #01. Terminaram na 23º posição no geral. O DeltaWing Completou apenas 38 voltas das 112 percorridas pelo vencedor. O abandono não foi informado pela equipe.

2015_TUSC_MRLS_Practice_v10

Sem erros BMW #24 vence na classe GTLM

Na classe PC a equipe RSR Racing do brasileiro Bruno Junqueira e Chris Cumming venceu e superou até um drive-through depois de um erro dos mecânicos durante o seu pit stop.

Chris Cumming entregou o carro na liderança para Bruno Junqueira, que trouxe o carro sem erros. É a primeira vitória da equipe desde Indianápolis no ano passado, quando Cumming e Jack Hawksworth venceram.

Colin Braun Jon Bennett  da CORE Autosport terminaram na segunda posição, seguidos pelo #38 da equipe Performance Tech Motorsports dos pilotos James French e Mike Hedlund.

A equipe PR1/Mathiasen Motorsports, que havia vencido as duas primeiras corridas em Daytona e Sebring, teve que abadonar por conta da falta de pressão do combustível.

Na classe GTLM uma vitória tranquila para a equipe do BMW #24 de John Edwards e Lucas Luhr. Foi a primeira vitória da dupla no TUSC, que teve como segundo lugar o BMW 25 de Bill Auberlen e Dirk Werner.

No começo da prova, Luhr superou superou Werner no início da volta 13 da corrida, e Werner brevemente cair para terceiro atrás do Porsche #911 Porsche de Patrick Pilet que começou a prova e depois entregou o carro para Michael Christensen.

Porsche da Park Place vence na classe GTLM

Porsche da Park Place vence na classe GTLM

Mesmo com uma pequena briga entre o Porsche #911 e a Ferrari #62 da equipe Rizi Competizione a vitória do BMW #24 foi tranquila. Edwards recebeu a bandeira quadriculada sobre Auberlen com uma vantagem de 22.572 segundos, com o Porsche #911 em terceiro.

Par de Pierre Kaffer e Giancarlo Fisichella que estavam na Ferrari da Rizi Competizione o máximo que conseguiram foi um quarto lugar,a frente do Porsche #991 de Joerg Bergmeister e Michael Christensen

Já a Corvette Racing teve um dia desafiante, terminando em sexto e sétimo, com os seus dois C7.R à frente do Porsche #17 da equipe Falken Tires. 17 da equipa Falken Tire Porsche 911 RSR.

Antonio Garcia que começou os trabalhos no Corvette #3 largou na última posição, já que o carro teve que trocar de motor e pneus. Mesmo sofrendo um contato com o Corvette #90 e danificando a frente do carro, não teve grandes problemas em continuar a prova.

Na classe GTD a vitória ficou com o Spencer Pumpelly e Patrick Lindsey no Porsche #73 da equipe Park Place Motorsports. Foi a primeira vitória da equipe no campeonato.

Lindsey pilotou em turno duplo sem erros até entregar o carro a Pumpelly. Depois do erro na edição de 2014 quando liderava e o combustível terminou na última volta a vitóri foi mais do que comemorada.

Como no ano passado, o Audi #48 da Paul Miller Racing Audi R8 LMS terminou em segundo,  com Dion von Moltke juntar Christopher Haase atrás do volante. Em terceiro o Porsche #23 da equipe Alex Job Racing de Ian James e Mario Farnbacher.

Na quarta posição a Ferrari #63 da Scuderia Corsa e em quinto o Aston Martin #007 da TRG-AMR.

A próxima etapa do TUSC será entre os dia 29 e 30 de maio em Detroit.

Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.