Porsche vence as 6 Horas do México

Porsche não encontrou dificuldades em superar a Porsche. (Foto: FIAWEC)

Porsche não encontrou dificuldades em superar a Porsche. (Foto: FIAWEC)

A Porsche venceu sem dificuldades a edição 2017 das 6 Horas do México, disputada na tarde deste domingo, 03, no circuito Hermanos Rodriguez. Timo Bernhard, Brendon Hartley e Earl Bamber levaram o #2 ao primeiro lugar.

Em segundo com uma diferença de 7,141 segundos o Porsche #1 que teve Neel Jani como piloto que fechou a corrida. O trio do #2 alcançou a primeira posição da prova ainda na primeira volta. Nick Tandy enfrentou uma penalidade com o #1 ainda na segunda hora, por conta do excesso de velocidade nos pits.

Mesmo enfrentando um pequeno problema em um dos sensores de fluxo de combustível, a troca foi realizada durante uma das paradas nos boxes, enquanto o 919 era pilotado por Earl Bamber. A vitória do #2 ampliou ainda mais a vantagem para Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima na luta pelo título da temporada. O trio da Toyota chegou na terceira posição. Na quarta posição o #7 da Toyota que fez uma prova apagada com seus dois carros.

Resultado final 6 Horas do México

Para o presidente da equipe Hisatake Murata, foi uma prova complicada: “Foi uma corrida muito decepcionante. Viemos aqui com o objetivo de ganhar e melhorar as nossas chances em ambos os Campeonatos do Mundo, mas não conseguimos desafiar a Porsche. Parabéns para eles pela vitória. A equipe, incluindo os pilotos, deram o seu máximo esta semana, mas nós não conseguimos o resultado, devemos agora se preparar para a próxima corrida. Nós não vamos desistir de nosso sonho de vencer o Campeonato Mundial por isso vamos dar o máximo para ser competitivo na próxima corrida. ”

Já na classe LMP2 a emoção foi do início ao fim. A vitória ficou com o Oreca #31 da equipe Rebellion Racing, de Bruno Senna Julien Canal e Nicolas Prost, que chegou com uma vantagem de 26,091 segundos para o #36 da equipe Alpine de Nico Lapierre, Gustavo Menezes e Alexandre Negrão. Esta foi a primeira vitória da equipe Rebellion desde que saiu da classe LMP1.  Na terceira posição o também Oreca #24 da equipe Manor dos pilotos Jean-Eric Vergne, Matt Rao e Ben Hanley.

Rebellion conquista primeira vitória na classe LMP2. (Foto: FIAWEC)

Rebellion conquista primeira vitória na classe LMP2. (Foto: FIAWEC)

A principal batalha da classe foi entre Gustavo Menezes com o Alpine #36 de Romain Rusinov com o G-Drive #26. Tudo aconteceu na terceira hora de prova. Menezes chegou a sair da pista quatro vezes em uma única volta, até superar o piloto russo. A equipe DC Racing, que esteve entre os ponteiros na classe, enfrentou problemas com o #38 abandonou na segunda hora, por conta de danos na embreagem. Na luta pelo campeonato, Oliver Jarvis, Ho-Ping Tung e Thomas Laurent ficaram na última posição da classe, perdendo a liderança da classe para o Rebellion #31 vencedor.

Aston Martin vence na classe GTE-PRO. (Foto: FIAWEC)

Aston Martin vence na classe GTE-PRO. (Foto: FIAWEC)

Aston Martin venceu na classe GTE-PRO com o #95 pilotado por Nicki Thiim, e Marco Sorensen. A dupla teve trabalho em superar a Ferrari #71 de Sam Bird e Davide Rigon, que terminou na segunda colocação. Largando em segundo, Sorensen superou Bird ainda na primeira hora da prova. Com uma estratégia diferente da adotada pela Ferrari, Sorensen acabou antecipando suas paradas.

Com uma diferença de 9,159 segundos para Rigon, a dupla do Aston #95 venceu na classe. Na terceira posição o Porsche #91, o Ford #67 terminou na terceira posição. Completando os cinco primeiros, a Ferrari #51.

Porsche da equipe Proton vence a segunda na classe GTE-AM. (Foto: FIAWEC)

Porsche da equipe Proton vence a segunda na classe GTE-AM. (Foto: FIAWEC)

Na classe GRE-AM, a Dempsey Proton Racing conquistou a segunda vitória no ano. Christian Ried, Marvin Dienst e Matteo Cairoli, superaram o Aston Martin #98 que terminou em segundo. Cairoli superou Paul Dalla Lana, que não fez uma boa prova. Como resultado, não conseguiu seguir o Porsche vencedor. Em terceiro o Porsche #86 da Gulf Racing UK.

 

Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *