Pipo Derani: “É uma boa maneira de começar o ano”

Além de Pipo, pódio teve Bruno Senna na primeira colocação. (Foto: FGCom)

Além de Pipo, pódio teve Bruno Senna na primeira colocação. (Foto: FGCom)

Dando sequência ao excelente início de temporada, o brasileiro Pipo Derani teve papel principal na conquista do segundo lugar nas 6 Horas de Silverstone (ING), neste domingo (dia 17), palco da abertura do FIA WEC 2016.

O piloto de 22 anos largou e encerrou a prova, novamente com stints excepcionais com o Tequila Patrón ESM Ligier JS P2-Nissan. A pilotagem de Derani ajudou o carro #31, que ele dividiu com os companheiros Ryan Dalziel e Chris Cumming, a superar as dificuldades enfrentadas no início da disputa.

Partindo da segunda posição do grid na LMP2, Derani fez uma largada brilhante e imediatamente assumiu a liderança, superando o líder Nicolas Minassian.

O brasileiro logo começou a imprimir um ritmo forte e fez a melhor volta entre os LMP2 na corrida, com 1min48s909, no seu stint inicial, antes de entregar o carro para Cumming, cumprindo a estratégia pré-planejada pela equipe.

A metade da corrida, no entanto, não foi fácil para o Tequila Patrón ESM #31, que perdeu tempo em uma bandeira amarela e após uma rápida rodada de Cumming.

Mas ainda tinha muito a ser “tirado” do Tequila Patrón ESM Ligier-Nissan, primeiro com Dalziel e depois com Derani, que voltaram à disputa e colocaram o carro novamente na briga pelo pódio.

A última parte da corrida mostrou um triplo stint impressionante de Derani, que conquistou várias posições e chegou ao segundo lugar, completando a prova no pódio.

“É uma boa maneira de começar o ano para nós”, disse Derani. “Foi uma corrida difícil, mas sabemos que há muito para vir de Spa em diante. O Ryan, o Chris e eu tivemos pouco tempo de pista juntos, então sair daqui com 18 pontos é satisfatório”, continuou.

“Fui agressivo no meu stint inicial e construí uma vantagem que era parte de nossa estratégia”, contou. “A competição está muito disputada este ano, então acho que todos nós temos de estar orgulhosos deste resultado e ir pra cima novamente em Spa no mês que vem”, destacou.

“A equipe Tequila Patrón ESM foi novamente excelente e tenho de agradecer a todos pelo esforço neste final de semana. A combinação dos membros da Tequila Patrón ESM com os membros da OAK Racing, sob a direção do Philippe, provou ser uma parceria muito efetiva”, completou o piloto paulista.

A segunda etapa da temporada 2016 do FIA WEC acontecerá no dia 7 de maio, em Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Os melhores nas 6 Horas de Silverstone (Top-10):
1 LMP1 Marcel FÄSSLER, André LOTTERER, Benoît TRÉLUYER (Audi R18) 194 voltas em 6h01min06s963
2 LMP1 Romain DUMAS, Neel JANI, Marc LIEB (Porsche 919 Hybrid) a 46s065
3 LMP1 Stéphane SARRAZIN, Mike CONWAY, Kamui KOBAYASHI (Toyota TS050 – Hybrid) a uma volta
4 LMP1 Mathéo TUSCHER, Dominik KRAIHAMER, Alexandre IMPERATORI (Rebellion R-One – AER) a 11 voltas
5 LMP1 Nicolas PROST, Nelson PIQUET JR, Nick HEIDFELD (Rebellion R-One – AER) a 13 voltas
6 LMP2 Ricardo GONZALEZ, Filipe ALBUQUERQUE, Bruno SENNA (LIGIER JS P2 – Nissan) a 15 voltas
7 LMP2 Ryan DALZIEL, Luis Felipe DERANI, Christopher CUMMING (LIGIER JS P2 – Nissan) a 15 voltas
8 LMP2 Roman RUSINOV, Nathanaël BERTHON, René RAST (Oreca 05 – Nissan) a 15 voltas
9 LMP2 Gustavo MENEZES, Nicolas LAPIERRE, Stéphane RICHELMI (Alpine A460 – Nissan) a 16 voltas
10 LMP2 Nick LEVENTIS, Danny WATTS, Jonny KANE (Gibson 015S – Nissan) a 17 voltas

Classificação LMP2 (Top-5):
1. Ricardo GONZALEZ, Filipe ALBUQUERQUE, Bruno SENNA (LIGIER JS P2 – Nissan) 25 pontos
2. Ryan DALZIEL, Luis Felipe DERANI, Christopher CUMMING (LIGIER JS P2 – Nissan) 18
3. Roman RUSINOV, Nathanaël BERTHON, René RAST (Oreca 05 – Nissan) 16
4. Gustavo MENEZES, Nicolas LAPIERRE, Stéphane RICHELMI (Alpine A460 – Nissan) 12
5. Nick LEVENTIS, Danny WATTS, Jonny KANE (Gibson 015S – Nissan) 10

Published
4 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *