Peugeot divulga detalhes técnicos do seu Hypercar

(Fotos: Peugeot Sport)

A Peugeot Sport divulgou nesta segunda-feira, 14, detalhes técnicos do seu Hypercar. O modelo terá um motor híbrido que desenvolverá 500kw. Além da potência, o protótipo contará com um motor a gasolina de 2,6 litros, 680 cavalos de potência), biturbo, V6, em conjunto com motor elétrico de 200 kW montado na frente.

Com tração nas quatro rodas, o câmbio terá sete velocidades. O novo projeto foi desenvolvido por François Coudrain, Diretor de Powertrain do Programa WEC da Peugeot Sport. 

“A arquitetura do powertrain do Peugeot HYBRID4 500 kW é o resultado de um briefing altamente detalhado moldado pelos novos regulamentos do WEC”, disse o diretor, François Coudrain.

“Inicialmente, consideramos um único turbo, mas isso teria nos impedido de atingir a meta do centro de gravidade do motor. Um bloco V6 biturbo oferece a melhor troca entre tecnologia, peso, montagem dos acessórios do motor, confiabilidade e desempenho”, explicou o diretor. 

Peugeot afirma que o motor elétrico de 200 kW se beneficia “da experiência da equipe no desenvolvimento de motores elétricos e sistemas de gerenciamento para carros de produção”.

Os regulamentos técnicos do Mundial de Endurance estabelecem que os motores elétricos só podem ser acionados quando o carro atingir 120 km / h com pneus slick e em um ponto entre 140 e 160 km / h com pneus para chuva, ou quando estiver a menos de 120 km / h se o carro está a caminho de uma curva.

“A unidade motogeradora [MGU] será equipada com uma transmissão de velocidade única leve e de alta eficiência e um inversor de última geração para transferir a energia da bateria para o motor”, disse Coudrain.

“Ele terá a capacidade de usar toda a energia disponível na bateria instantaneamente, graças às estratégias do sistema de gerenciamento de energia do trem de força”.

“A experiência da PSA Motorsport no WRC e na Fórmula E contribuirá no desenvolvimento do software empregado para gerenciar os sistemas de computador e energia [recuperação de energia de frenagem, potência em aceleração, sistema anti-lag, consumo de combustível reduzido].”

O sistema híbrido é completado por uma bateria de 900 volts desenvolvida pela subsidiária da TOTAL Saft Groupe SA. 

Published
1 mês ago
Tags
,
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.