Peugeot anuncia pilotos para o Mundial de endurance

(Foto: Divulgação)

A Peugeot apresentou nesta segunda-feira, 08, o trio de pilotos que representará a marca no Mundial de Endurance. O Hypercar será pilotado por Paul di Resta, Kevin Magnussen, Jean-Eric Vergne, Loic Duval, Mikkel Jensen e Gustavo Menezes.

O piloto reserva será James Rossiter. O novo carro ganhará as pistas em 2022. Dos pilotos revelados hoje, Loic Duval é o único que pilotou o 909 HDi FAP 10 anos atrás. 

Os pilotos

Magnussen já competiu em protótipos, tendo participado das 24 Horas de Daytona deste ano. Também competiu pela equipe Hass da Fórmula 1

Vergne, campeão da Fórmula E pela equipe DS Techeetah, fornece uma ligação entre as marcas que antes faziam parte do Grupo PSA e que agora pertencem à nova empresa criada, a  Stellantis Ele possui passagens pela equipe G-Drive e ganhou o título do ELMS em 2019. 

Paul di Resta teve passagem pela United Autosports no WEC na temporada passada, mas perdeu o título de pilotos por ter perdido uma corrida. Ele venceu as 24 Horas de Le Mans na classe LMP2 pela United. 

A G-Drive também foi o lugar de Mikkel Jensen. O ex-piloto da BMW competiu pela equipe Russa em 2020 pelo EMLS. Também faturou o título da classe LMP3 pela United AutoSports em 2019.

Por sua vez, James Rossiter, tem experiência com protótipos, pois competiu pela ByKolles. A Peugeot informou as combinações de pilotos de cada carro.

Sinergia entre os pilotos, garante diretor esportivo

“A qualidade do relacionamento entre todos os envolvidos no projeto é fundamental”, disse o diretor da Stellantis Motorsport, Jean-Marc Finot.

“Além de suas habilidades individuais de corrida, os principais critérios que levamos em consideração ao avaliar e conversar com os pilotos foram os laços que eles mantêm entre si, sua mentalidade e sua capacidade de trabalhar juntos para motivar e ajudar a levar a equipe adiante, porque  o fator humano desempenha um papel tão importante nas corridas de resistência”.

“Também queríamos estabelecer que eles viam seu compromisso conosco como uma prioridade e não apenas uma linha em seu currículo”. 

O diretor técnico do programa WEC da Peugeot Sport, Olivier Jansonnie, acrescentou: “Nós olhamos para todos os campeonatos de corrida de resistência que foram organizados nos últimos cinco anos”. 

“Não levamos em consideração apenas os resultados individuais. Também examinamos a velocidade, consistência e confiabilidade de uma longa lista de motoristas porque estamos procurando uma linha que se encaixe bem, com uma mistura eclética de jovens emergentes e pilotos experientes com habilidades de desenvolvimento comprovadas, especialmente no campo híbrido”, finalizou. 

Published
3 semanas ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.