OAK Racing e Corvette vencem em Mosport

10404022_276431335875562_7249112390287488884_o_thumb-25255B1-25255D

Depois de perder em Watkins Glen, no mês passado, A OAK Racing venceu sua primeira prova no TUSC, neste domingo no circuito de Mosport no Canadá. Olivier Pla conduziu o #42 Morgan-Nissan boa parte da prova, o que se mostrou uma vantagem principalmente nas paradas nos pits. Seu companheiro de equipe, Gustavo Yacaman, que marcou a pole fez e entregou o carro na liderança,Pla, que assumiu os controles do meio do caminho protótipo Onroak Automotive concebido através, aumentou a diferença como uma luta para as duas posições finais do pódio desenvolvidos.

Com um ritmo forte Pla chegou em primeiro com uma diferença de  7,886 segundos sobre o segundo colocado o #90 Spirit of Daytona de Richard Westbrook eMichael Valiante. Westbrook teve uma luta no final da corrida com Jordan Taylor no líder do campeonato no DP #10 Wayne Taylor Racing,  que se recuperou de uma parada não programada logo após o irmão Ricky ter saído da pista e bloqueado a entrada do radiador com grama e terminou em terceiro.

O #90 não teve uma corrida tranquila, já que  apresentou problemas de cambio durante toda a prova, e que misteriosamente sumiram nas voltas finais.

João Barbosa e Christian Fittipaldi terminaram em quarto com o #5 da Action Express Racing. Poderiam ter tido uma melhor colocação, mas um pneu esquerdo traseiro furado logo no início atrasou a recuperação.

O # 60 da Michael Shank Racing de Oswaldo Negri e John Pew, conquistaram a quinta posição, enquanto o Tristan Nunez e Joel Miller pilotando o #07 Lola da equipe  Mazda Speed Source registrou a melhor colocação até agora na temporada, surpreendendo até a equipe. Os dois HPD da equipe Extreme Speed não completaram a prova pois enfrentaram problemas o #1 que largou em segundo, abandonou por problemas de turbo, enquanto o #2 parou por problemas no alternador.

07122014_TUDORChampionship_CTMP_Practice_16_thumb-25255B2-25255D

Já o Ford DP da Chip Ganassi de Scott Pruett  e Memo Rojas fez uma corrida de recuperação depois de Rojas ter danificado o carro durante a volta de conhecimento, voltou para a corrida com mais de 1 hora de atraso e completou apenas 46 voltas, ficando em 35º no geral e em 9º na classe.

Jan Magnussen e Antonio Garcia venceram na classe GTLM com o Corvette #3,  em segundo e terceiro dobradinha da equipe Viper com o #93 e #91 respectivamente, marcando pontos importantes para o mundial de construtores.

Na classe GTD a vitória ficou com o Viper #33 de Ben Keating e Jeron Bleekemolen. Em segundo o Porsche #73 da equipe Park Place Motorsports, e em terceiro o BMW Z4 da Turner Motorsports.

Resultado final.

Published
5 anos ago
Categories
BMWCorvetteFerrariMorganNissanOAK RacingPorscheSRT ViperUnited SportsCar RacingViper
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *