O que esperar de Petit Le Mans?

TUSCC_COTA_Race_08

Caminhamos para a última etapa do primeiro Tudor United SportCar Championship, que se realiza em Petit Le Mans, prova esta que iniciou a história da ALMS, encera o primeiro TUSC, envolvo em muitas reclamações e boas corridas.

Na classe principal a “P” a eterna briga desproporcional entre DP e LMP2, fez mais uma vítima. A ESM abandonou o campeonato depois de várias corridas comedo poeira por conta dos ajustes que sempre beneficiaram os carros DP. Fez o que poucos acreditavam, irão competir no WEC e tudo aponta para uma temporada completa no Mundial ano que vem. Sendo assim 11 carros são esperados.

A Action Express retorna seu segundo Corvette para o encerramento do campeonato confiado a Burt e Brian Frisselle e Jon Fogarty. Para a dupla Fittipaldi e Barbosa o título está a vias de fato de ser conquistado, já que a vantagem de 22 pontos sob o segundo colocado os deixam em uma posição confortável. Na copa Patron os pontos para a conquista do título também estão a favor da dupla luso brasileira.

Correndo contra o domínio dos DP a OAK Racing que fez uma bela corrida com seu novo Ligier em Austin, esperar vencer uma das mais importantes provas do ano, tanto para impulsionar as vendas do seu novo carro nos EUA, bem como para dar um belo tapa na cara da organização do TUSC e sua escancarada predileção pelos obsoletos e lentos DP.

Já na classe PC a Core Autosport venceu os três primeiros eventos da copa Patron (Daytona, Sebring e Glen) e tem o título conquistado antecipadamente. Os dois pilotos da equipe Jon Bennett e Colin Braun já conquistaram o título de pilotos, e apenas uma tragédia vai impedir o quarto título da equipe. Apenas 8Star Motorsport tem condições de atrapalhar os planos da Core.

A grande batalha está na classe GTLM, A equipe Viper Lidera com Jonathan Bomarito e Kumo Witmer. Em segundo está Antonio Garcia com 7 pontos a menos. A Corvette que dominou boa parte do campeonato precisa se empenhar com seus dois carros para tentar conquistar o título. Não é esperado qualquer ajuste de desempenho para os carros da classe.

Pelos lados da copa Patron a coisa é outra. Os líderes Olivier Gavin e Tom Milner no Corvette #44 estão separados por um ponto do trio Lietz / Tandy / Pilet da equipe Porsche, e do #3 o Corvette de Jan Magnussen e Garcia. A definição deve ser conhecida apenas no final da prova. O trunfo da Porsche em alinhar um terceiro carro caiu por terra pela falta de pilotos.

Na classe GTD a briga também promete. A liderança é do BMW da Turner Motorsports. No campeonato de pilotos, Dane Cameron está com quatro pontos de vantagem para os dois pilotos da equipe AJR Porsche  Keen / MacNeil , e três para a equipe AIM ( Sweedler / Bell).

A expectativa é de tempo bom para a corrida, chuva mesmo apenas nos treinos livres e classificatórios, mas tudo pode mudar.

Published
5 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *