Nissan vence as 12 Horas de Sebring

Segunda vitória da ESM em três anos. (Foto: ESM)

Segunda vitória da ESM em três anos. (Foto: ESM)

Pipo Derani, Nicolas Lapierre e Johannes van Overbeek venceram na tarde deste sábado, 17, as 12 horas de Sebring, segunda etapa do IMSA WeatherTech Sportscar Championship. A prova foi marcada por incidentes e vários postulantes a vitória acabaram ficando pelo caminho.

Esta foi a segunda vitória da ESM em Sebring desde 2016. Fazendo o último stint no Nissan #22, Derani conseguiu manter uma vantagem acima dos 12 segundos para Renger van der Zande com o Cadillac #10 da Wayne Taylor Racing, terminando na segunda posição.

Resultado final.

Em terceiro o Cadillac #31 da Action Express Racing do brasileiro Felipe Nasr, Eric Curran e Mike Conway. O Oreca #54 da equipe CORE Autosport foi o melhor LMP2 na prova, terminando na quarta posição.

Porsche vence na classe GTLM. (Foto: Porsche AG)

Porsche vence na classe GTLM. (Foto: Porsche AG)

Com vários acidentes a prova teve 11 bandeiras amarelas. Derani conquista sua segunda vitória no circuito, mesmo feito de van Overbeek. Nicolas Lapierre venceu sua primeira em Sebring ainda com o Peugeot 908 LMP1 em 2011. O Cadillac #31 enfrentou problemas de arrefecimento nas primeiras horas da corrida.

Em quinto o Ligier #32 da United Autosports que realizou uma parada nos momentos finais para completar o combustível. O destaque vai para a ótima performance da equipe Mazda que liderou a prova. O #55 pilotado Bomarito/Tincknell/Pigot acabou deixando a vitória escapar por problemas na bateria do carro. Acabou na sexta posição.

Penske quebra em sua segunda corrida na IMSA. Foto: John Dagys)

Penske quebra em sua segunda corrida na IMSA. Foto: John Dagys)

Mesmo azar teve a equipe Penske que viu os Acura DPi abandonando a prova por problemas no motor. “O motor era novo para este evento, era de baixa quilometragem, foi algo incomum”, disse Allen Miller, diretor da HDP ao site Sportscar365. “Nós vamos investigar o que motivou isso. ”

Christian Fittipaldi, João Barbosa e Filipe Albuquerque terminaram em 10º com o Cadillac #5. Barbosa acabou batendo no Oreca #38 da Performance Tech Motorsports, pilotado por James French. Tristan Vautier que marcou a pole com o Cadillac #90 da equipe Spirit of Daytona, sofreu um grave acidente, faltando duas horas para o término da prova, impossibilitando seu retorno. O Nissan #2 da ESM, foi o primeiro protótipo a abandonar a prova após falhas no câmbio, após o toque em Vautier.

Na classe GTLM o Porsche #911 venceu com Nick Tandy, Patrick Pilet e Fred Makowiecki. A vitória veio faltando menos de duas horas para o término da prova, após batalha com a Ferrari #62 da Rizi Competizione pilotada por Toni Vilander. Mesmo com a pressão do carro italiano, o #991 não perdeu a liderança, durante sua parada nos boxes. Esta foi a segunda vitória do Porsche na IMSA.

O BMW #25 liderou na primeira parte da prova, terminando na segunda posição, com uma diferença de 6,230 segundos para o Porsche vencedor. Em terceiro o Porsche #912 que teve Laurens Vanthoor no último stint. Ryan Briscoe com o Ford #67, Alessandro Pier Guidi com a Ferrari #62 da Risi Competizione e Oliver Gavin com o Corvette #4 terminaram em quarto, quinto e sexto, respectivamente.

Paul Miller Racing vence na classe GTD. (Foto: Divulgação)

Paul Miller Racing vence na classe GTD. (Foto: Divulgação)

A Lamborghini Huracan #48 da equipe Paul Miller Racing faturou a vitória na classe GTD, superando a Mercedes #33 da Riley Motorsports pilotado por Jeroen Bleekemolen. Bryan Sellers, Madison Snow e Corey Lewis estiveram na liderança da classe durante boa parte da prova.

Tal liderança acabou ameaçada quando a Mercedes #33 pilotada por Bleekemolen superou Sellers. A liderança do #33 foi temporária. Após ser superado o #33 acabou perdendo o segundo lugar para a Ferrari #63 da Scuderia Corsa, terminando na terceira posição. Esta foi a segunda vitória do #48, que venceu as 24 Horas de Daytona em janeiro. A Ferrari #51 da equipe Spirit of Racing no qual competiu Daniel Serra, terminou na 12º posição.

 

 

 

Published
7 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *