“Não vejo muitos DPI em 2017”, afirma presidente da Oreca

Novo capítulo na novela ACO e IMSA. (Foto: FIAWEC)

Novo capítulo na novela ACO e IMSA. (Foto: FIAWEC)

Os impasses entre ACO e IMSA nunca foram tão intensos. As ideologias das duas organizações podem acabar com uma possível ruptura? É possível? Sim. Mas não é algo que nenhum dos lados quer.

No meio de tudo isso estão os fabricantes que dependem das regras, que ainda não foram totalmente finalizadas e passadas para que sejam tomadas decisões, pedidos e afins. Para o presidente da Oreca Hugues de Chaunac as coisas estão caminhando a passos lentos.

“Eu não vejo muitos fabricantes envolvidos em 2017”, disse De Chaunac ao site Sportscar365. “Esperamos ter alguns acordos antes de Setembro, para entregar os primeiros carros ainda em Janeiro.”

“Eu acho que tudo está sendo feito tarde demais para ter um carro antes de Daytona. Existe um interesse por parte de equipes, mas falta informação.”

“No momento, nós preferimos dizer que precisamos de um pouco mais de tempo, a fim de fazer um bom programa de teste em abril, maio de 2017 e começar a competir em Agosto, Setembro e estar totalmente pronto para Daytona em 2018.”

No centro do debate estão as regras em especial da motorização, que por padrão na IMSA deve oriunda de um modelo GT3. “A IMSA diz que os motores tem que ser GT3 com os seus próprios sistemas eletrônicos.Eles não perguntaram se podemos concordar ou não.” Disse ele. “Estamos apenas seguindo as regras e não estamos dizendo nada mais. É parte do jogo. “

O futuro projeto tem como base o bem sucedido Oreca 03, o que dá a empresa uma enorme economia em projeto e desenvolvimento. O Oreca 07 será a base para os novos LMP2 e DPI.

“O progresso está indo bem”, disse ele. “Não estamos iniciando a partir de uma folha branca de papel.Temos uma boa base. Todo mundo diz que o Oreca 05 é uma boa base. Então, nós estamos progredindo bem.”

“Precisamos fazer um carro superior, porque temos de ter em mente que este será o mesmo carro durante quatro anos. Então você não pode perder o início. “

Para as equipes que não querem comprar um modelo novo, e possuem um modelo 05, pode adquirir um kit de conversão.

“Do lado de fora, será um carro novo”, disse ele. “O monocoque permanecerá o mesmo, mas a parte de fora, será algo totalmente novo.”

 

Published
4 anos ago
Tags
, ,
Comments
1 Comment
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

One comment on ““Não vejo muitos DPI em 2017”, afirma presidente da Oreca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *