Motor V6 YR34 H-SV YGK em desenvolvimento para Le Mans 2014

IMGP2858

Logo após a ACO revelar o regulamento técnico para 2014 os movimentos nos bastidores começaram a aparecer. Segundo informações de Yoshimasa Hayashi e a empresa YGK estão trabalhando na construção de um propulsor híbrido.

Hayashi é um velho conhecedor de Sathe pois fez parte da equipe Nissan nos anos 90 ainda na época do grupo C. Naquele ano o carro da Nissan acabou ficando com o 5º lugar no geral depois de ter feito a pole com Mark Brundell e Bob Earl cravar a volta mais rápida durante a prova. Venceu também as 24 horas de Daytona em 1992 e conquistou vários títulos na série IMSA GTP.
Depois de trabalhar com a Nissam voltou para a universidade de Tokai aonde ajudou a formar a equipe da universidade que competiu com um Courage LMP1 YGK em Le Mans 2008 além de participações da Asian LMS em 2009 e 2010 além do ILMC em Zuhai. Em 2011 ganhou o troféu “espírito de Le Mans” que é dado a personalidades que “vestem” as 24 horas.

Os dois já trabalharam em motor V8 turbo de 4.5 litros que tinha como sistema o S-Hybrid e que pelo regulamento não correspondia as normas vigentes.  Hayashi está em Le Mans e revelou alguns detalhes deste novo propulsor.

Para esta nova empreitada um V6 a 108º, terá um deslocamento de 3.397 cm3, uma taxa de compressão de 13:1 e um torque de 370 NM a 9000 RPM. O motor que terá como combustível gasolina terá a parte híbrida gerada por um gerador que irá coletar o gases do escapamento e transformar isso em energia para mover as rodas. Assim o piloto não precisará apertar botões para ativar a energia extra pois será algo permanente.

Segundo Hayashi o projeto precisa de um parceiro para fornecimento de chassi e assim alinhar em Sarthe em 2014. Vários fabricantes se mostraram interessados e pode ser uma alternativa para equipes provadas para fazer frente as “oficiais”. É esperar e torcer.
Published
7 anos ago
Categories
24 Horas Le MansNotícias
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *