Monza e Kyalami receberão etapas do Mundial de Endurance

(Foto: Divulgação)

A direção do WEC divulgou nesta quinta-feira, 12, o calendário 2020/21 do Mundial de Endurance. As novidades são a entrada dos circuitos de Monza na Itália, e Kyalami na África do Sul.

O campeonato começa em Silverstone no dia 5 de setembro e terá oito etapas. As provas de Monza e Kyalami terão seis horas de duração. A última vez que a pista sul-africana sediou um evento de endurance, foi em 1984 e em 1993. 

A pista que foi totalmente reformulada recebeu a última etapa do International GT Challenge, em Novembro, recebendo boas críticas por parte de pilotos e equipes. A prova em Monza acontecerá no dia seis de outubro. Utilizada pela ELMS em 2017, o circuito Italiano é  regularmente utilizado pelas equipes para testar seus carros. 

Com a adição das provas tradicionais, o WEC deixa de correr em Xangai, depois de estar no calendário da competição por oito anos. Os demais eventos do atual calendário estão confirmados com exceção da etapa de COTA, que entrou no lugar do evento de Interlagos, cancelado por falta de recursos. 

O teste de pré-temporada acontecerá de 31 de agosto a 1 de setembro, uma semana antes da abertura do Mundial de Endurance, em Silverstone. O calendário precisa ser aprovado pelo Conselho Mundial de Endurance. 

Calendário 2020/21

  • 31 de agosto / 01 de setembro de 2020 Pré-temporada, Silverstone (Inglaterra)
  • 05 de setembro de 2020 – 6 Horas de Silverstone (Inglaterra)
  • 04 de outubro de 2020 –  6 Horas de Monza (Itália)
  • 1 de novembro de 2020 – 6 Horas de Fuji (Japão)
  • 05 dezembro de 2020 – 8 Horas de Bahrain (Bahrain)
  • 06 de fevereiro de 2021 – 6 Horas de Kyalami (África do Sul)
  • 19 março, 2021 1000 milhas de Sebring (8 horas) (EUA)
  • 24 de abril de 2021 –  6 Horas de Spa-Francorchamps (Bélgica)
  • 12-13 junho 2021 24 Horas de Le Mans (França)
Published
9 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.