Miragens



As areias do deserto podem nos levar a muitos lugares, um Oasis com água que nada mais é do que uma miragem, ou a lugares um tanto quanto traiçoeiros como campos de areia movediça ou a morrer. Essas três qualidades de quem adora uma areia remetem bem o estado dos nossos três beduínos que disputaram o GP do Bahrein hoje pela manhã.

Com um começo que lembra muitos as etapas da A1 GP o certame teve pegas em todas as posições e mostra uma evolução assombrosa dos carros que até a pouco tempo estavam choramingando sobre os difusores da Brawn. McLaren e RBR tiveram uma classificação ótima, mais foram as Toyotas e Jenson Button que merecem as devidas palmas durante a corrida.

A quase 10 anos na F1 a Toyota que conta com um dos maiores orçamentos da categoria finalmente fez um carro competitivo para o bom Jarno Trulli e Timo Glock. São pilotos consistentes que souberam aproveitar o bom momento da equipe. A RBR também está fazendo um ótimo trabalho com Vettel e Webber, porém o entusiasmo que alguns setores da nossa imprensa falam de que um “novo Schumacher” está surgindo ainda é um pouco de demagogia. O menino é bom em sua primeira vitória em Monza, no ano passado, fez uma corrida impecável, mesma situação conquistada no último GP, mais dizer que ele é um novo alemão campeão é um pouco demais. As duas corridas foram totalmente adversas com chuva, batidas e ele foi mais esperto aproveitando as situações a seu favor. Tudo bem, ele chegou em segundo sem ameaçar em nenhum momento o Button mostrando consistência mais ainda é cedo para dizer que é um novo Shumi.

Destaque também para o bom desenvolvimento da Mclarem. Hamilton chegando em quarto. Mostra que a equipe está em uma evolução, porem a prova não mostrou um Hamilton combativo, fez uma prova altamente burocrática apenas para chegar ao final. Talvez seu maior brilho se comparado ao colega de equipe tenha sido uma melhor colocação no treino de sábado apenas isso. A grosso modo nenhum dos dois fez uma corrida espetacular.

E os brasileiros? Como escrevi no começo da coluna foram três situações totalmente distintas. O primeiro a avistar um Oasis foi Rubens Barrichello. Com um começo de ano promissor largando como favorito inquestionável vê seu companheiro de equipe lhe dando um baile em todas as etapas disputadas até agora. Não vejo uma mudança nesse panorama nas próximas etapas. Pior, vou começar a ver um Rubinho chorão reclamando de “possíveis” privilégios que seu companheiro vem tendo na equipe. Privilégios esses que são totalmente infundados. Até agora os dois carros tiverem um desenvolvimento uniforme, mas Button tem levado vantagem e isso é fato. Acredito em uma possível melhora no nosso piloto mais nada que vá tirar de Button o posto de favorito ao título.

Massa foi o que andou na pista de areia movediça. Pior começo de temporada para a Ferrari na história. O único alento foi o sexto lugar de Kimi que podia ter sido sétimo se Glock tivesse um pouco mais de fome por lutar pela posição. Nem a presença de Montezemolo para dar aquele apoio moral ajudou a equipe. Os erros são os de sempre, estratégias erradas, paradas mal feitas. O tão comentado Sevice Pack que e equipe vai levar para a Espanha pode ser uma medida paliativa mais não devemos esquecer que não será a única. Todas irão levar alguma novidade. Massa foi combativo, lutou por posições até a bandeirada e mostra que tem motivação, basta o carro ajudar.

E Nelsinho? Este morreu no deserto sem comida, dinheiro e perspectiva de melhora. Achei estranho Briatore elogiar o jovem brasileiro. O elogio foi mais por ter entregue o carro inteiro do que por alguma coisa que fez durante a prova. Não tem consistência e já devia estar mostrando serviço desde as primeiras provas. A velha desculpa de que está aprendendo não cola mais e tudo isso nos remete àquela máxima “sobrenome não ganha corrida “.


Agenda:

F1 – Próxima etapa dia 10 de Maio na Espanha. Globo
ALMS – Próxima etapa dias 15 e 17 de Maio em Utah. SPEED
LMS – 8 e 10 de Maio – 1000Km de SPA
FIA GT – Dia 3 de Maio em Silverstone. SPEED

Published
9 anos ago
Categories
Sem categoria
Comments
Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Comentários

  1. Anonymous disse:

    Está difícil gostar das corridas este ano, não sei se pela falta que sinto dos nomes para quem sempre torci, mas está difíl gostar do que vemos… bom mesmo seria deixar o Piquet lá na areia não??? Hehehehehehe
    Mas deixa que o pacote da Ferrari vai fazer milagres daqui 2 semanas 😉 Pelo menos a gente torce pra isso…
    Bjo… Cx