Mazda vence em Road America

Briga com o Acura da equipe Penske foi até o fim. (Foto: IMSA)

A equipe Mazda Team Joest venceu a terceira corrida seguida no IMSA, na tarde deste domingo, 04, no tradicional circuito de Road America, conhecido pelas disputas nos momentos finais da prova. 

Neste ano a coisa não foi diferente. Harry Tincknell cruzou a linha de chegada com uma diferença de 0,227 segundos para Dane Cameron no Acura #6 da equipe Penske. Tincknell assumiu a liderança na volta 37 depois de uma arrojada ultrapassagem em cima de Juan Pablo Montoya na Curva 1 e, lentamente, estendeu a sua vantagem sobre o Acura líder do campeonato DPi.

A diferença, caiu nos cinco minutos finais com a ajuda do tráfego. Tincknell conseguiu segurar o primeiro lugar em cima de um arrojado Cameron que não desistiu até a bandeirada final. Oliver Jarvis que estava no Mazda #77 tentou surpreender Cameron, mas acabou com o terceiro lugar.

Resultado final Road America

Felipe Nasr e Pipo Derani foram os melhores entre as equipes que competem com o Cadillac DPi ficando com o quarto lugar, à frente do #10 da Wayne Taylor Racing Cadillac da Jordan Taylor e Renger van der Zande.

O holandês, que largou entre os últimos na classe devido a uma troca de pneus pós-qualificação, se beneficiou de uma parada não programada do #7 da Penske terminando entre os cinco primeiros. O motivo da parada do protótipo da Acura foi pelo excessos de detritos nas entradas de ar do motor. Ricky Taylor que fez o último stint da corrida terminou na sétima posição, atrás do Cadillac #5 da Action Express dos pilotos João Barbosa e Filipe Albuquerque. 

PR1/Mathiasen faturou mais uma vitória na classe LMP2. (Foto: IMSA)

O dois Cadillacs da JDC-Miller terminaram em oitavo e nono. O Nissan DPI da CORE Autosport abandonou nos últimos 20 minutos de prova com problemas no câmbio. A PR1/Mathiasen Motorsports marcou sua quarta vitória consecutiva na categoria LMP2, com Matt McMurry e Patrick Kelly no Oreca 07 #52. Em segundo o também Oreca da Performance Tech Motorsports.

Dobradinha da Ford na classe GTLM

Ford conquista dobradinha na classe GTLM. (Foto: IMSA)

Richard Westbrook e Ryan Briscoe, da Ford, conquistaram a segunda vitória na classe GTLM com o Ford #67. A liderança veio faltando 40 minutos para o término da prova, quando Briscoe ultrapassou o Corvette #4 de Oliver Gavin na curva Canadá. 

Ele então continuou a liderar através dos ciclos de pit stop, mas estava atrás do Corvette #3, que havia optado uma estratégia de pit alternada, indo para os últimos três quartos de hora. O chamado da equipe  exigiu que Antonio Garcia fizesse um pit stop final mais tardio e, portanto, mais curto do que os outros carros da classe, mas uma troca de bateria custou a posição de pista.

Garcia, que dividiu o carro com Jan Magnussen, teve uma vantagem de 49 segundos sobre Westbrook quando ele chegou, faltando pouco mais de meia hora, mas levou 71 segundos em sua parada final. Isso permitiu a Westbrook liderar as voltas finais, com o inglês terminando 10,657 segundos à frente de Joey Hand no Ford #66. Hand fez uma ultrapassagem tardia em Tommy Milner no Corvette #4 com seis minutos para garantir uma dobradinha da Ford. 

Uma parada para completar o combustível tardia para Milner fez ele cair para o sexto lugar no final, enquanto o Porsche #912 de Laurens Vanthoor e Earl Bamber terminou em terceiro. Garcia e Magnussen terminaram em quarto. O quinto lugar ficou com a BMW #25. 

Porsche vence GT Daytona

Equipe Paff vence mais uma na classe GTD. (Foto: IMSA)

O Porsche 911 GT3 R da Pfaff Motorsports conquistou sua segunda vitória consecutiva na categoria GTD com Zach Robichon e Matt Campbell superando o Lamborghini da equipe  Paul Miller.

Corey Lewis herdou a liderança no Lamborghini quando o suporte de suspensão superior esquerdo do Mercedes-AMG GT3 de Ben Keating apresentou problemas. Lewis foi perseguido na primeira rodada de pit stops e manteve a vantagem na parte intermediária da corrida com seu co-piloto Bryan Sellers.

Na rodada final de paradas, Campbell ficou de fora uma volta extra que provou ser crucial para colocar o carro da Pfaff à frente do Paul Miller com Sellers ao volante.

Em terceiro ficou o BMW #96 da  Turner Motorsport de Bill Auberlen e Robby Foley, que superou o Lexus #14 da AIM Vasser Sullivan de Jack Hawksworth e Richard Heistand no final.

Um furo faltando quatro minutos para o término da prova tirou o McLaren #76 da Compass Racing McLaren 720S GT3 dos cinco primeiros. 

Published
3 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *