Mark Webber e o aprendizado do WEC

2014-6-Heures-de-Shanghai-Adrenal-Media-jr5-0913_hd

A temporada de 2014 do Mundial de Endurance não foi marcante apenas para a Toyota que conquistou seu primeiro mundial. A Porsche voltou as provas de longa duração depois de 16 anos e com ela trouxe um dos principais pilotos da F1 da atualidade, Mark Webber.

O Australiano que vinha de uma conturbada temporada de 2013 na Red Bull na F1 aonde um conhecido jogo de equipe favorecia Sebastien Vettel. Para o seu segundo ano Webber espera vencer e vencer.

Com seus companheiros Timo Bernhard e Brendon Hartley marcou três pódios e viu sua equipe conquistar a primeira vitória nas 6 horas de São Paulo, aonde foi protagonista de um forte acidente.“No primeiro ano eu aprendi muito, para ser honesto”, disse Webber ao site Sportscar365. “Eu estava definitivamente nervoso, especialmente em Le Mans, onde tinha pouca experiência. As outras corridas fui melhor até por conhecer mais a pista. Obviamente, o acidente no Brasil não estava nos planos. É difícil lidar com corridas de resistência quando você vem de uma categoria individual como a F1. O ano passou e eu estou esperando para ser um piloto melhor neste ano.” Comentou.

Para este ano Webber vai contar com uma versão melhorada do 919 Hybrid que irá competir na classe de 8MJ. O carro já mostrou sua força nos testes oficiais em Paul Ricard aonde liderou as seções de treino. “Eles fizeram um bom trabalho. É uma abordagem otimista, obviamente, com 8 MJ, a tecnologia é extremamente avançada. Estamos aprendendo um pouco no início da temporada com esta capacidade.Ainda há alguns problemas em nosso carro; é natural, você não pode esperar que tudo esteja perfeito na primeira corrida. Mas vamos melhorar o que pudermos até Le Mans.”

“Ainda é relativamente cedo. Nós não temos o carro completamente perfeito, mas estamos indo muito bem, devo dizer. Então, podemos começar a dar ao carro um pouco mais de amor para as corridas curtas, no ritmo e intensidade “. Disse.

Australiano ficou internado alguns dias no Brasil após o acidente em Interlagos.

Australiano ficou internado alguns dias no Brasil após o acidente em Interlagos.

O segundo ano da Porsche no WEC também é cheio de mudanças. Novos pilotos que estarão no terceiro carro para Le Mans, bem como a mudança de engenheiros além das novidades do carro. Webber acredita que todos os dia serão um aprendizado para todos.

Esse é um grande passo para nós, devo dizer”, disse ele. “No segundo ano, nós temos muito mais pessoas nas áreas de desenvolvimento. Porque nos primeiros 12 a 18 meses, você está realmente aprendendo sobre o carros e as provas. Quando você está com a estrutura mais organizada, tudo acaba sendo mais fácil.”

Webber não aponta a Porsche como uma candidata ao título mesmo liderando os testes em Paul Ricard. “Até agora, há uma série de aspectos positivos para nós”, disse.”O cronômetro será a resposta em Silverstone . Só lá saberemos o que está acontecendo. “

Published
4 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *