Lukas Moraes encerra temporada do Blancpain GT Series no pódio

(Foto: Divulgação)

O circuito de Nürburgring sediou neste fim de semana a última etapa do Blancpain GT Series Sprint Cup, e o desfechou da temporada foi muito positivo para Lukas Moraes. O único brasileiro do grid abriu a rodada dupla com sua melhor classificação e fechou o ano com o pódio na corrida deste domingo (16), com o 3º lugar na categoria Silver Cup. Com o resultado, Moraes também assegurou a 3ª posição na classificação geral de sua classe, no mais importante campeonato de Gran-Turismo do automobilismo internacional.

Na corrida 2, Denis Dupont foi o responsável por largar a BMW M6 GT3 #37. Saindo em 19º, o belga conseguiu fugir das confusões do início da prova e entregou o carro em 16º para Lukas durante o pit-stop obrigatório. Na segunda parte da corrida, o brasileiro conseguiu avançar mais duas posições e manter o desempenho, mesmo nas voltas finais, quando teve um problema com o câmbio do carro. Lukas completou as 31 voltas em 14º no geral, garantindo seu terceiro pódio no ano com o 3º lugar na Silver Cup.

No sábado, na corrida 1, Lukas já havia mostrado grande performance após largar em 11º e andar no top-10 por todo o seu stint, mas após o pit-stop, um problema no pneu obrigou Dupont a abandonar a prova.

Com experiência em categorias de fórmula na Europa e no Brasil – onde foi 4º colocado na Formula Abarth e vice-campeão da F3 Brasil -, além de participações de destaque no Campeonato Brasileiro de Turismo (atual Stock Light), com pódios e vitórias, essa foi a primeira temporada de Lukas Moraes com carros de Gran-Turismo. O Blancpain GT Series Sprint Cup reúne as principais montadoras e pilotos do mais alto nível em disputas de provas curtas (de 1h de duração cada).

O campeonato passou por Bélgica, Inglaterra, Itália e Hungria até chegar na etapa final na Alemanha. Em Brands Hatch, Lukas havia conquistado uma vitória e um 2º lugar na categoria Silver Cup. Como é de praxe em corridas de GT, Moraes dividiu a condução da única BMW do grid com o inglês Andrew Watson por quatro etapas, e teve o belga Denis Dupont ao seu lado na última rodada dupla do ano. A cada etapa, o brasileiro mostrou evolução correndo pela equipe francesa 3Y Technology, que também fazia sua temporada de estreia no campeonato, assim, em alguns momentos, isso também interferiu no resultado final.

“Estou extremamente contente pela forma como fechei o campeonato, especialmente nesta última etapa, com duas boas performances e mais um pódio. Pude evoluir muito ao longo do ano, consegui demonstrar meu potencial, apesar de sempre almejarmos resultados melhores, mas voltar para casa com um troféu é sempre bom. Apesar de todos os desafios e complicações que tivemos na temporada, por ser o meu primeiro ano e o primeiro ano da equipe na categoria, terminarmos com o 3º lugar na prova e também no campeonato da Silver Cup foi muito positivo. Agora vou seguir trabalhando para o que virá pela frente”, comentou o piloto.

Ao fim de 10 corridas disputadas em cinco etapas, Lukas Moraes terminou o campeonato com o 3º lugar na categoria Silver Cup, destinada aos pilotos com categorização Silver da FIA. No geral, a dupla formada por Raffaele Marciello e Michael Meadows, a bordo de uma Mercedes-AMG GT3, sagrou-se campeã. Agora, o paulista de 22 anos volta ao Brasil e se prepara para os próximos desafios nas pistas.

Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *