Le Mans sem público por conta do Covid-19

Prova será em setembro. (Foto: Porsche)

Por conta da pandemia de Covid-19 na Europa, a prefeitura de Sarthe e a ACO anunciaram hoje, 10, que a edição 2020 das 24 de Le Mans será realizada com os portões fechados, sem acesso ao público.

A prova já tinha sido transferida para os dias 19 e 20 de setembro por questões sanitárias,mas nada tinha sido dito quanto a presença do público. De acordo com a organização da prova, a ACO fornecerá um dispositivo  para acompanhar a corrida, à distância, incluindo uma plataforma digital para conhecer os bastidores das 24 Horas de Le Mans.  

Pierre Fillon, presidente do Automobile Club de l’Ouest  : “A 88ª edição das 24 Horas de Le Mans será verdadeiramente especial. Neste contexto singular acontecerá a maior prova de endurance do mundo, mas infelizmente sem público. Durante as últimas semanas, temos pensado em muitas opções para compartilhar nossa corrida com nossos fãs, mesmo em pequenos números, no site em setembro próximo. No entanto, as condições de acolhimento específicas do nosso evento, uma verdadeira festa popular com vários dias, obrigaram-nos a optar com a Prefeitura, pela organização das nossas 24 Horas, sem público este ano. Ainda existem muitas incertezas para a corrida, mas não queremos comprometer a segurança. Mesmo que as consequências dessa decisão sejam tristes para nossos fãs e para nós, a decisão não foi difícil de tomar porque não queremos correr riscos. Fique tranquilo, eles não poderão vir a Le Mans este ano, mas nosso estaremos com eles. Nossas equipes e nossos parceiros de mídia serão retransmissores ativos. Sabemos que podemos contar com a compreensão de todos.

 

Published
2 meses ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.