If It Bleeds, novo livro de Stephen King trará personagens de Mr. Mercedes e Outsider

If It Bleeds, novo livro de Stephen King trará personagens de Mr. Mercedes e Outsider

3 de outubro de 2019 0 Por Fernando Rhenius

Ele não para! Quem está ansioso pelos lançamento de “O Instituto” e já garantiu na pré-venda “Ascensão”, terá que economizar mais alguns trocados para comprar o novo livro de Stephen King, “If It Bleeds”, ou em uma tradução literal, Se Sangra

A capa do livro foi divulgada nesta quinta-feira, 03, pelo site Entertainment Weekly e mostra um gato preto com o nariz em formato de rato. Nos mesmos moldes de “Escuridão Total sem Estrelas”, o livro contará com quatro contos.

A sinopse divulgada pelo EW, mostra o detetive Ralph Anderson, um dos personagens principais de Outsider, de férias nas Bahamas. Os vizinhos do detetive recebem um envelope contendo um pendrive, intitulado If It Bleeds. O pequeno dispositivo contém fotografias e arquivos de áudio. Em outra pasta arquivos e relatórios de Holly Gibney. Nos áudios Holly parece estar em perigo. O livro será lançado nos EUA no dia 5 de maio de 2020. 

Confira a sinopse divulgada pelo site EW.

Em janeiro de 2021, um pequeno envelope acolchoado endereçado ao detetive Ralph Anderson é entregue aos Conrads, vizinhos dos Andersons. A família Anderson está de férias prolongadas nas Bahamas, graças a uma interminável greve de professores no condado de origem dos Anderson. (Ralph insistiu que seu filho Derek trouxesse seus livros, que Derek chamou de “uma chatice grotesca”.) Os Conrad concordaram em encaminhar seus e-mails e correspondências até os Andersons retornarem a Flint City, em um envelope, está escrito em letras grandes, SEM REMETENTE.

Quando Ralph abre o pacote, ele encontra um pen drive intitulado If It Bleeds, presumivelmente referindo-se ao antigo setor de notícias que proclama “Se ele sangra, ele lidera”. O drive contém dois itens. Uma é uma pasta que contém fotografias e espectrogramas de áudio. O outro é um tipo de relatório, ou diário de palavras faladas, de Holly Gibney, com quem o detetive compartilhou um caso que começou em Oklahoma e terminou em uma caverna no Texas. Foi um caso que mudou a percepção de realidade de Ralph Anderson para sempre. As últimas palavras do relatório de áudio de Holly são do dia 19 de dezembro de 2020. Ela parece sem fôlego.

“Fiz o melhor que posso, Ralph, mas pode não ser suficiente. Apesar de todo o meu planejamento, há uma chance de eu não sair dessa viva. Se for esse o caso, preciso que você saiba o quanto sua amizade significou para mim. Se eu morrer, e você optar por continuar o que comecei, tenha cuidado. Você tem esposa e filho.

[É aqui que o relatório termina.]”