IMSA muda método de divulgação do BoP; equipes estariam manipulando desempenho

Acura e Mazda tiveram um aumento de performance acima do esperado. (Foto: Divulgação)

A divulgação do BoP para equipes e imprensa serão revisto pela IMSA. A entidade divulgou nesta quinta-feira, 22, que irá limitar as informações, para que equipes não tenho tempo de “burlar” os ajustes antes das corridas. 

Válida para este final de semana, quando acontece a etapa da Virginia, os organizadores irão monitorar e reforçar o controle das transmissões de rádios feito pelas equipes. De acordo com um boletim da competição divulgado na quarta-feira, “fornecer informações falsas ou intencionalmente enganosas [em transmissões de rádio] é uma violação das regras e do uso de código (s), cifra (s), linguagem disfarçada, enganosa ou de sigilo para tentar influenciar o processo de BoP, manipulando o desempenho através de gerenciamento de pilotos ou por qualquer outro meio, é proibido e pode ser penalizado conforme art. 57”.

Várias equipes, em especial a Cadillac que dominou a série nos últimos anos, vem reclamando da inesperada hegemonia dos protótipos da Mazda e Acura, nas últimas corridas. 

Um boletim divulgado na semana passada afirmava que todas as transmissões de rádio entre a equipe e o carro e o motorista “devem estar em inglês” já foi retirado, mas esclareceu que as comunicações ainda devem ser “diretamente compreensíveis” em seu significado.

Além disso, a IMSA deixará de distribuir planilha com os dados de de velocidade ao longo do fim de semana e também fornecerá dados de pontuação e pontuação reduzidos de apenas três setores em cada pista.

Um conjunto de dados completo, incluindo todos os dados do setor e informações sobre a interrupção de velocidade, será disponibilizado após cada evento através de seus canais normais.

A IMSA utiliza vários métodos na obtenção de dados, incluindo tempos do setor, bem como seu registrador de dados, para ajustes de BoP, embora se acredite que os dados de tempo e pontuação, fornecidos após cada sessão a todas as equipes, também sejam um método de manipulação potencial. 

Published
4 semanas ago
Tags
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *