IMSA divulga regras para a temporada 2020

Campeonato começa com as 24 Horas de Daytona. (Foto: Divulgação)

A IMSA divulgou nesta sexta-feira, 01, o livro de regras para a temporada 2020 do WeatherTech SportsCar Championship, que tem como a primeira etapa as 24 Horas de Daytona, em janeiro. 

Entre as novidades cada equipe que competir na classe LMP2, terá que inscrever um piloto bronze tanto para o campeonato normal, quanto para o Michelin Endurance Cup. Agora nenhum piloto platina poderá competir na classe LMP2, com exceção das 24 Horas de Daytona. As equipes da classe que competirem em Daytona não terão pontos válidos pelo campeonato, sendo um evento “separado”, apenas válidos para a Le Mans Cup. 

Equipes da classe GTD que desejam participar de todo o campeonato terão um pacote “Premium Entry”, que permitirá que os carros GTD disputem todos os 12 eventos do WeatherTech Championship no próximo ano, incluindo Long Beach.

Regulamento completo

Entre outras mudanças para 2020, incluem a permissão de equipamentos de reabastecimento a serem utilizados durante todas as sessões na pista e as equipes podem escolher entre alinhar seus carros nas boxes durante a qualificação ou qualquer interrupção da sessão ou retornar ao seu local nos boxes.

Os tempos base também serão eliminados, com todos os pilotos exigidos para atender aos tempos mínimos de unidade, conforme designado para cada evento.

As principais mudanças para o WeatherTech Championship, o Michelin Pilot Challenge e o IMSA Prototype Challenge em 2020 incluem:

  • Se uma corrida tiver bandeira vermelha após a conclusão de 50% e a corrida não for reiniciada, os resultados finais da corrida serão determinados a partir da última volta de bandeira verde concluída, como se a bandeira quadriculada fosse exibida para o líder geral e os carros restantes em a conclusão dessa volta.
  • Os leitores Michelin RFID serão usados ​​exclusivamente para identificar pneus qualificados, eliminando o requisito de serem fisicamente marcados para fins de identificação. Todos os carros ainda devem começar com pneus utilizados na classificação.

Alterações adicionais nos regulamentos 2020 IMSA Prototype Challenge incluem:

  • Dois pilotos serão obrigatórios para todos os carros.
  • Cada carro é obrigado a ter um piloto com classificação Bronze, que também deve participar do treino classificatório e iniciar a corrida.
  • Uma vez que os boxes estejam abertos, as equipes podem fazer pit durante os períodos de FCY..
  • O tempo obrigatório para o pit stop será mais curto do que em 2019 e será baseado na distância do pit lane para garantir um tempo consistente no momento em que o carro para independentemente do comprimento do pit lane.
  • O tempo de condução base foi eliminado para 2020. Em vez disso, todos os pilotos devem cumprir os tempos mínimos de condução, conforme designado para sua classe no Regulamento Complementar de cada corrida.
Published
3 semanas ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *