IMSA aumenta capacidade dos circuitos do TUSC

112013_DIStest_BC_99799-252520-2525281-252529_thumb-25255B1-25255D

O sucesso do TUSC é notório, a grande quantidade de carros e equipes interessadas obrigou a IMSA a rever as quantidades de equipes presentes nas principais provas do campeonato. Para a etapa inaugural, as 24 horas de Daytona o limite máximo de carros para o evento foi limitado a 60, que é a capacidade da área de boxes do circuito.

Porém já se considera uma expansão na área de pit lane. O planejamento prevê novas garagens com medidas entre 20 e 21 metros, para comportar mais 12 carros. Para o diretor da IMSA Gaty Cummings, tal medida se fez necessária pois foram recebidos mais de 80 pedidos de inscrição por parte das equipes.

Para as etapas de Sebring e Watkins Glen, inicialmente limitadas a 60 carros, o novo limite será de até 68 para atender a demanda. Já para Petit Le Mans a nova capacidade deve ser informada nos próximos dias.

Published
6 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *