IMSA altera BoP em todas as classes do TUSC

bop_thumb-25255B1-25255D

Entre os dias 20 e 21 de Fevereiro, o autódromo de Sebring na Flórida será o palco para os testes do TUSC, visando as 12 horas de Sebring, agendadas para os dias 13 e 15 de Março. Assim a IMSA divulgou em seu site o ajuste de desempenho (BoP), para todas as classes, com ênfase nas GT.

Na classe GTLM, o BMW Z4 GTE e Viper SRT terão um acréscimo de 15 quilos em seu peso, e uma redução de 0,3 mm em seus restritores de ar. Já o Aston Martin Vantage V8, vai perder 20 quilos de peso, além de um aumento de 0,3 mm nos restritores. A capacidade dos tanques de combustível de todos os carros da classe, também foram alteradas para menos. Aston Martin com 87 litros, Viper 105 litros e Ferrari F458 com 94 litros.

Já na classe GTD, Ferrari 458 e Audi R8 LMS, terão um aumento de peso na ordem de 20 quilos. Os restritores dos dois carros também sofrem alterações. A Ferrari uma redução de 5 milímetros e 2 milímetros para o Audi. A altura da asa traseira de alguns carros foram equalizadas, enquanto a capacidade do tanque de combustível foi reduzida para todos os modelos.

As alterações na classe P, aonde estão os protótipos LMP2 e DP, ainda não foi divulgada em sua totalidade. Os carros P2 terão os mesmos restritores nos quais competiram em Daytona, além de um aumento de 3 litros em capacidade de combustível. Já os Oreca FLM09 terão mudanças nas asas traseiras que limitavam sua velocidade máxima em Daytona.

Ajuste de desempenho classe P e PC

Ajuste de desempenho classe GTLM e GTD

Published
6 anos ago
Categories
GTDGTLMUnited SportsCar Racing
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *