IMSA ajusta BoP das classes GTLM e GTD para Daytona.

imsa_26044518
Com as 24 horas de Daytona se aproximando a IMSA divulgou o ajuste de desempenho das classes GTLM e GT.
Entre os GTLM todos os carros receberam aumento de potencia e ajustes. Abaixo as mudanças.
BMZ Z4 GTE – Redução de 25 quilos e 0,3 mm de aumento no restritor de ar.
Corvette C7.R – Teve um aumento para 0,6 mm no restritor de ar.
Ferrari F458 GTE – Permanece no mesmo peso 1200 kg, além de 0,3mm de aumento do restritor de ar do motor. A asa traseira ficou 50 mm mais baixa.
Aston Martin GTE – Teve aumento de 25 quilos no peso mínimo, 0,6 mm a mais no restritor de ar e 15 mm de redução da asa traseira.
Porsche 911 RSR – Teve redução de potencia, além de 0,3 mm a menos no restritor de ar e apenas 5 quilos de redução de peso.
Classe GTD.
Aston Martin V12 Vantage GT3 – Teve um aumento de 9 quilos e 15 mm de redução de asa traseira.
Audi R8 LMS – aumento de 5,7 no restritor de ar, e está autorizado a competir com uma asa traseira nas mesmas especificações dos modelos DP de 2011.
BMW Z4 GT3 – Perde 50 quilos de peso.
Viper GT3-R – Mantém o peso deste ano, e tem 10 mm de redução de asa traseira.
Ferrari 458 Itália GT3 – Redução de 15kg de peso e um aumento de 100 RPM. Os carros devem utilizar carroceria com especificação FIA GT3.
Porsche 911 GT América – Terá redução de 15 mm na asa traseira além e ajustes na caixa das rodas traseiras.
Tais modificações terão validade nos testes oficiais do TUSC, o chamado Roar entre os dias 09 e 11 de Janeiro e deve permanecer inalterado para as 24 horas de Daytona.
Published
3 anos ago
Categories
201524 Horas de DaytonaGTDGTLM
Comments
Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.