GPX Racing desiste de competir nas 24 Horas de Le Mans

(Foto: Divulgação)

A equipe GPX Racing confirmou nesta terça-feira, 23, que não disputará as 24 Horas de Le Mans. O time recebeu um convite após o resultado na temporada 2021 do Asian Le Mans Series.

Se tivesse aceito o presente, a equipe teria sua vaga garantida na classe GTE-Am. A GPX venceu metade das corridas nas quatro rodadas da temporada asiática com seu Porsche 911 GT3 R pilotado por Julien Andlauer, Axcil Jefferies e Alain Ferte. 

A equipe sediada em Dubai terminou em segundo lugar, garantindo o convite. A recusa se dá por questões financeiras e logísticas, já que teria que ter uma versão RSR do 911. O chefe da equipa, Pierre-Brice Mena, confirmou na terça-feira que a equipa enfrenta “muitas incógnitas” para se comprometer com o que teria sido a sua estreia em Le Mans.

“Le Mans ainda é um dos objetivos da GPX Racing, mas como as coisas estão no momento, sentimos que não temos o pacote certo”, explicou o chefe da equipe, Pierre-Brice Mena, ao site Sporstcar365. “Seria uma decisão precipitada, que não nos permitiria estar no grid nas condições que desejamos”.

“Existem muitas incógnitas para planejar o projeto de acordo com nossos padrões. Simplesmente, não é o melhor momento. Estamos convencidos de que haverá outras oportunidades, então ainda temos que ser um pouco pacientes”. 

Herberth Motorsport, Rinaldi Racing e Inception Racing foram as outras equipes que competiram no Asian LMS a receber inscrições para Le Mans na classe GTE-Am.

Mais convites

As equipes G-Drive Racing e United Autosports que venceram nas classes LMP2 e LMP3 respectivamente,  ganharam convites para a classe LMP2. 

Além de se retirar de Le Mans, a GPX desistiu de seu recurso contra a Herberth Motorsport, que agora foi confirmada como campeã da GT da série asiática. O motivo do recurso seria a porta do lado direito do 911 GT3 que deveria ter sido consertada durante um pit stop, o que a equipe não teria feito. 

A investigação apontou que a Herbert seguiu as orientações dos fiscais da prova. Portanto, não justificava penalização apesar de seu Porsche terminar sem os reparos necessários.

“Contestamos uma decisão desportiva na chegada da última corrida, mas num espírito de conciliação decidimos não recorrer”, encerra Mena.

 

Published
2 semanas ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mantem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.