Ford preocupada com BoP para as 24 Horas de Le Mans

(Foto: FIAWEC)

(Foto: FIAWEC)

Os 20 quilos de peso extra estipulado pelo BoP, acenderam o sinal de alerta nos boxes da Ford. Durante os testes oficiais para as 24 Horas de Le Mans, realizados no último domingo 04, o desempenho ficou aquém do esperado.

Com o tempo de 3:57.536, Richard Westbrook ficou mais de seis segundos do tempo da pole, conquistada por Dirk Mueller em 2016. A polêmica ganhou corpo, depois que várias equipes declararam que a Ford não estaria mostrando seu real potencial em pista. A equipe nega.

“Parece que cada vez que falamos Le Mans, a história é sempre em torno BdP e como isso tudo vai repercutir na corrida”, disse o diretor da Ford Dave Pericak ao site Sportscar365.

“No geral eu estou preocupado com o BdP, olhando para a corrida do ano passado, e como ele jogou fora o quão competitivo éramos.”

Se a Ford teve uma grande mudança, a Ferrari 488 GTE, que rivalizou com o fabricante americano em 2016, não teve qualquer alteração para barrar seu desempenho. Durante os testes o modelo italiano foi dois segundos mais rápido que o Ford GT.

A Ferrari é o modelo base para alterações de BoP, nos demais modelos GTE que competem no Mundial de Endurance e nas 24 horas de Le Mans.

“Quando você olha para a Ferrari sendo a linha de base, eu acho que várias pessoas estão esquecendo que a Ferrari enfrentou problemas ano passado”, disse Pericak. “Mas se você olhar para onde estavam no início da corrida, eles eram rápidos. Começamos um pouco atrás.”

“Se você olhar tudo isso, é um pouco confuso para mim no momento a respeito de onde o BdP foi definido. Ninguém gosta do BoP, mas estou preocupado com isso, com certeza.”

FIA e ACO podem alterar novamente o BoP antes da prova. Em 2016 as alterações acabaram sendo feitas poucas horas antes da prova. Mesmo assim a Ford superou a Ferrari, vencendo na classe GTE-PRO.

Durantes os testes, Corvette e Porsche liderarem na classe, mesmo modus operandi da edição de 2016 O C7.R teve um aumento de 0,7mm em seu restritor de ar. Já o Porsche vai estrear um novo motor, ganhando 10 kg de peso mínimo e 0,1mm maior em seu restritor de ar.

“Vamos ver o que podemos fazer e vamos ver o que a FIA e ACO dizem”, disse Pericak. Mesmo com estas intempéries técnicas, o diretor da Ford garante que a equipe está pronta para vencer. “Nós estamos em um lugar muito melhor do que no ano passado. É um sentimento diferente dentro dos boxes, porque estamos focados em coisas completamente diferentes este ano do que no ano passado.”

“Nós estamos prontos para defender nosso título, obviamente, não só do ponto de vista histórico, mas para provar que podemos fazê-lo novamente.”

 

Published
3 anos ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *