Ford pensa em um volta a Le Mans com programa GTE

ford-gt40-ferrari_thumb-25255B1-25255D

A Ford vem ensaiando um retorno de forma oficial a Le Mans. Se a alguns anos na ALMS o Ford GT fez provas medianas sem qualquer apoio oficial, no TUSC as equipes equipadas com o novo Motor Ford EcoBost tem se mostrado promissoras já que contam com ajuda oficial do fabricante. Pensando em um novo ataque a Le Mans a Ford vem analisando a sua volta com um programa GTE e futuramente um programa LMP.

Segundo o site Sportcar365 vários executivos da montadora estão analisando a volta da montadora para 2016, e esperando novidades sobre a nova geração de carros GTE que devem entrar em vigor naquele ano. Além de um carro totalmente novo o fornecimento de motores para a classe LMP2 não está descartada, já que é sabido que a futura geração de protótipos do TUSC serão os novos LMP2.

Sobre o programa GTE, o modelo obvio seria o Ford GT que em 2016, completa 50 anos da primeira vitória do carro no geral em Sarthe. Também se comentou em uma versão do Mustang, que foi vetada pela alta diretoria da montadora.

Vale ressaltar que equipes de fábrica na classe LMP2 não são aceitas nem em Le Mans, nem no Mundial de Endurance. A última vez que um Ford GT competiu em Le Mans foi em 2011 com a equipe Robertson Racing na classe GTE-AM.

Published
6 anos ago
Categories
24 Horas Le MansFord
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *