Ford e Acura apresentam pinturas para Daytona

Acura Daytona

(Foto: Divulgação)

Com a proximidade da edição 2019 das 24 Horas de Daytona, as equipes estão revelando suas pinturas para a prova de endurance americana. Nesta quinta-feira, 10, A Acura apresentou as cores dos ARX-05 da equipe Penske.

A homenagem remete ao tricampeonato conquistado pela marca em 1991 até 1993 pela equipe Camel Lights Comptech Racing Spice Acura NSXs na IMSA. As cores também remetem ao novo patrocinador da marca a ELS Studio 3D, empresa de áudio premium.

“Esse é um visual natural para os protótipos da Acura e uma saudação à nossa herança como uma marca de desempenho”, disse Marek. “A marca Acura foi fundada em 1986 e sua estreia no automobilismo logo aconteceu.”

“Hoje, estamos orgulhosos de revelar uma decoração que reflete com precisão a nossa longa e bem-sucedida história nas corridas norte-americanas – e esperamos adicionar novos capítulos à história do Acura Precision Crafted Performance.”

Acura Old

Cores foram inspiradas em modelo dos anos 90. (Foto: Divulgação)

A Acura Integras, venceu dois campeonatos consecutivos do IMSA International Sedan Manufacturers e três campeonatos consecutivos do IMSA International Sedan de 1988 a 1990.

Os carros de corrida Comptech Racing Acura-Spice GTP Lights, movidos por um motor NSX de primeira geração modificado, levaram o piloto Parker Johnstone a três campeonatos consecutivos de pilotos e o Acura a três campeonatos consecutivos de fabricantes na prestigiosa série IMSA Camel GTP Lights de 1991- 93. O Comptech Acura também conquistou as prestigiosas 12 Horas de Sebring em 1993.

Além de Johnstone, a linha de pilotos da Comptech Acura incluía Wayne Taylor, pai do atual piloto da Acura Team Penske, Ricky Taylor, e Steve Cameron, tio do piloto da ATP, Dane Cameron.

Ford vai com as cores do Mustang

Ford Chip Ganassi

Cores são alusivas ao Mustang Motorcraft e a Castrol. (Foto: Divulgação)

Competindo na classe GTLM a Ford apresento sua pinturas históricas para Daytona. O Ford #66 de Joey Hand, Dirk Mueller e Sébastien Bourdais terão as cores do Mustang Roush Racing Motorcraft de John Jones, Wally Dallenbach Jr e Doc Bundy. O trio venceu Daytona em 1985 na classe GTO.

O #67 de Richard Westbrook, Ryan Briscoe e Soctt Dixon terão uma pintura em homenagem a Castrol.

“Estamos entusiasmados em exibir nossos Ford GTs de uma nova maneira e, ao mesmo tempo, nos juntarmos ao IMSA para celebrar seu 50º aniversário”, disse Mark Rushbrook, diretor global da Ford Performance Motorsports. Os Ford GTs voltarão às suas tradicionais cores vermelhas, brancas e azuis após a corrida.

“Estou muito animado e orgulhoso que a Ford está fazendo algo para comemorar o 50º aniversário da IMSA”, disse Westbrook. “Ford e Castrol tiveram muita história de sucesso naqueles anos, então, para os dois se juntarem e fazerem algo tão atraente quanto essas pinturas, eu ficarei realmente orgulhoso.”

“Já vi muitos carros com aquela pintura na bus stop em Daytona, que foi um período muito icônico da corrida da IMSA, então estar em um carro icônico naquela pintura tentando defender nosso título ser algo realmente especial.”

Published
7 dias ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *