Felix da Costa da BMW: “Uma corrida de 24 horas não é decidida na qualificação”

BMW larga na últimas posições da classe GTE-PRO. (Foto: BMW)

Largando nas últimas posições da classe GTE-PRO, a BMW espera um bom resultado na 24 Horas de Le Mans, que será realizada neste final de semana na França. O M8 #82 dos pilotos Augusto Farfus, Antônio Félix da Costa e Alexander Sims, largam na 12º posição. Já o #81 de Martin Tomczyk, Nicky Catsburg e Pilipp Eng, partem na 13º posição.

O fraco desempenho nos treinos se deve, ao fato do BoP da classe ter dado ao M8 aumento de peso (1.269 para 1.281), além da redução na capacidade de combustível (101 para 97 litros).

Resultado treino classificatório Le Mans

Na primeira sessão classificatória realizada nesta quarta-feira à noite, António Félix da Costa  registou um recorde pessoal de 3: 50.579 com o M8 # 82. Isso foi o suficiente para garantir 12º lugar . No #81, Nick Catsburg foi de apenas 0,017 segundos mais lento terminando na 13º posição. A posição do polonês foi reivindicada pela Porsche com o carro # 91. A pole na classe GTE-AM, conquista pelo Porsche #88 da equipe Dempsey-Proton, marcou 3:50.596.

Para o piloto Félix da Costa, a prova deve ser diferente dos treinos: “Foi muito divertido correr contra o relógio com pneus novos, no escuro, neste grande circuito. Em geral, me senti em casa com o BMW M8 GTE. Uma olhada nos tempos indica que não conseguimos acompanhar o grupo principal. Mas uma corrida de 24 horas não é decidida na qualificação. Estou realmente ansioso pelo sábado e domingo”.

Published
1 mês ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.