Felipe Nasr busca o bi-campeonato em Petit Le Mans

Brasileiros precisam superar Juan Pablo Montoya e Dane Cameron. (Foto: Divulgação)

Os brasileiros Pipo Derani e Felipe Nasr estarão neste sábado, 12, na luta pelo título do Campeonato Norte-americano de Endurance em Petit Le Mans, em Road Atlanta. Os pilotos da Whelen Engineering Racing também têm chances matemáticas de brigar pelo título da temporada 2019 do IMSA WeatherTech SportsCar Championship, onde ocupam a vice-liderança.

Para a disputa, os brasileiros dividirão novamente a pilotagem do #31 Whelen Engineering Cadillac DPi-V.R com o norte-americano Eric Curran, que esteve ao lado deles na conquista do segundo lugar nas 24 Horas de Daytona e da vitória nas 12 Horas de Sebring. Derani e Nasr também foram ao pódio este ano nas etapas de Detroit e Laguna Seca.

Desde a unificação da categoria sportscar nos Estados Unidos, em 2014, a Action Express Racing faturou cinco vezes o Campeonato Norte-americano de Endurance, que engloba as provas de Daytona, Sebring, Watkins Glen e Petit Le Mans.

“Estou ansioso para correr em Road Atlanta e voltar às corridas longas na última prova da temporada”, comentou Nasr. “Road Atlanta é uma das corridas clássicas do calendário. Eu realmente gosto muito de pilotar pelos ‘esses’, é uma pista icônica. Será muito bom ter o Eric de volta. Acredito que somos uma boa combinação de experiência e velocidade”, destacou Nasr, que é o atual campeão do IMSA ao lado de Curran.

Derani, que no ano passado conquistou a pole position neste circuito, quando corria por outra equipe, também não vê a hora de voltar a acelerar no traçado. “É uma pista fantástica, provavelmente uma das melhores do calendário”, ressaltou.

“É uma pista divertida para se pilotar e uma corrida que exige muito. É como Sebring, onde você larga com o sol e termina com a lua. Há muitos fãs nesta corrida e espero que possamos conquistar uma vitória no sábado”, declarou o jovem piloto, que completará 26 anos justamente no dia da corrida.

No Campeonato Norte-americano de Endurance, Nasr, Derani e Curran estão a apenas dois pontos dos líderes Jordan Taylor e Renger van der Zande. A disputa final terá pontos distribuídos na quarta, oitava e décima horas, com cinco pontos para o líder, quatro para o segundo, três para o terceiro e dois pontos para os demais.

“O objetivo é lutar pela vitória. Tudo o que eu quero é entrar no carro e dar o máximo para lutarmos por essa vitória e terminar o ano no topo. Temos dois títulos em jogo e o campeonato de endurance é algo muito especial para a Action Express, então queremos muito conquista-lo. Todos querem muito essa vitória, que temos lutado tanto o ano todo, desde Sebring”, completou Nasr.

No IMSA, os brasileiros estão 12 pontos atrás dos líderes Juan Pablo Montoya e Dane Cameron. Na matemática pelo título, os brasileiros precisam de uma vitória e torcer para que os líderes não cheguem acima da décima posição. O título seria o quinto da Action Express Racing em seis temporadas.

“Não foi uma temporada fácil para nós. Então é muito bom ir para a última corrida ainda com chances de lutar pelos dois títulos”, lembrou Derani. “Mas estamos indo com a mentalidade de brigar pela vitória. Depois, veremos o que acontece com os pontos e o campeonato. Mas o mais importante é trabalhar pela vitória na corrida. Essa é a melhor oportunidade que temos”, finalizou o tricampeão das 12 Horas de Sebring.

Os treinos em Road Atlanta terão início na quinta-feira (10), com três sessões livres. Na sexta-feira (11), já acontece o classificatório a partir das 17h45 (de Brasília). No sábado, a prova terá sua largada às 13h05 (de Brasília). O canal Fox Sports exibe a largada e a disputa da 1h30 inicial da prova. Depois volta às 17 horas e transmite a corrida até a chegada.

Mudanças para 2020

Nesta semana, a equipe Action Express Racing também anunciou que disputará a temporada 2020 apenas com o carro #31. Nas provas do Campeonato Norte-americano de Endurance, Derani e Nasr terão como companheiro o português Filipe Albuquerque, que atualmente divide o #5 Mustang Sampling Cadillac DPi-V.R com João Barbosa.

A dupla lusitana fará sua última prova junta neste sábado. Eles ocupam a sétima colocação na classificação do campeonato 2019, com 234 pontos (venceram a etapa de Long Beach e terminaram em terceiro nas 12 Horas de Sebring). Em Road Atlanta, também dividirão a pilotagem com o britânico Mike Conway.

A equipe Action Express Racing é uma das mais competitivas do IMSA, desde sua estreia em 2010, quando venceu as 24 Horas de Daytona. Desde 2011, a equipe disputou todos os eventos com dois carros. O time conquistou os títulos de Pilotos e Equipes em 2014, 2015, 2016 e 2018. No Campeonato Norte-americano de Endurance foi campeão em 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018.

Published
1 mês ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *