Felipe Fraga anuncia saída da Stock Car e foca no automobilismo internacional

Foco será em eventos internacionais. (Bruno Terena/RF1)

Felipe Fraga trocará os autódromos brasileiros em 2020. O piloto anunciou nesta terça-feira, 24, que não competirá mais na Stock Car no próximo anos, priorizando campeonatos internacionais com WEC, IMSA e o Intercontinental GT Challenge. Fraga participará de diversas provas no exterior, com destaque para quatro corridas no WEC, entre elas as 24 Horas de Le Mans pela Porsche Project 1. Fraga também vai competir no Intercontinental GT Challenge com a Gruppem, equipe oficial AMG Mercedes.

“Estou muito feliz de anunciar que estarei focando na minha carreira internacional em 2020 após disputar seis temporadas completas na Stock Car. Eu levarei para sempre o carinho do público brasileiro e de todos que gostam do meu trabalho. Agradeço muito o pessoal da Cimed Racing, que acredita em mim desde 2015, quando fiz minha estreia na equipe e no ano seguinte fui campeão. Agora vou focar nesse sonho que também sempre tive, que é correr uma temporada completa de turismo internacional”, diz Fraga.

Fraga deixa a Stock Car após conquistar 18 vitórias (16 pela Cimed Racing), 28 pódios e 8 pole positions. O piloto integrou uma das parcerias mais marcantes dos últimos anos ao lado de Marcos Gomes, que levou o time Cimed Racing ao bicampeonato de pilotos e por equipes (2015 e 2016). Desde 2017, Fraga também foi companheiro de Cacá Bueno, pentacampeão da Stock Car, e em 2019 também esteve ao lado de Marcel Coletta.

“Tive a honra de ter grandes companheiros de equipe nesses últimos anos. Gostaria de agradecer todos eles pela nossa parceria, além, é claro, do João Adibe e do William Lube, que também sempre acreditaram no meu trabalho. A Cimed estará junto comigo, apostando nesse meu projeto no exterior. Fico bem feliz deles me incentivarem e continuarem acreditando em mim”, completa Fraga, que segue com o recorde de ser o mais jovem campeão e mais jovem vencedor da Corrida do Milhão na história de 40 anos da Stock Car.

O próximo desafio da carreira do piloto já está definido: as 24 Horas de Daytona, correndo pela equipe Riley que representa a Mercedes-AMG . A prova será disputada entre os dias 24 e 25 de janeiro nos Estados Unidos.

Published
8 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.