Fatos e números sobre a vitória da Porsche em Le Mans

M15_1987

A 17º vitória da Porsche em Le Mans após 17 anos foi algo emblemático. Apos superar o favoritismo da Audi a equipe venceu com Earl Bamber, Nico Hulkenberg e Nick Tandy seguidos por Timo Bernhard, Brendon Hartley e Mark Webber. Esta dobradinha repetiu os feitos de 1971, 1987 e 1998. Porém muita coisa aconteceu.

1 – A equipe vencedora completou 395 voltas (5,382,82 km). A corrida deste ano foi apenas duas voltas mais curta que a edição de 2010 a mais longa.

2 – A velocidade média do vencedor foi 224,2 km/h .

3 – A mais alta velocidade de um Porsche 919 híbrido na corrida foi 340,2 km / h e feito por Mark Webber no sábado, às 16:40 hrs .

4 – O Porsche 919 híbrido recuperou por volta 2,22 kWh com seu sistema de 8  MEGAJOULE. Se fosse uma usina, uma casa de família poderia ser abastecida com a eletricidade por três meses.

5 – A Porsche levou 120 profissionais para Sarthe.

6 – Foram 90 paradas nos boxes, 30 por carro

7 – Em 26 dessas paradas pneus e motoristas também foram alterados.

8 – A distância mais longa coberta com um conjunto de pneus foi de 54 voltas para todos os três carros. Pelos #17 Mark Webber, #18 foi Neel Jani e no #9 protótipo foi Nico Hulkenberg, foram os que passaram mais tempo no carro.

9 – 116 pneus l foram usados ​​por todos os três 919 Hybrid.

10 – Um pneu novo pesa 19,9 kg. Isto significa que em relação às rodas, a mecânica movida 2,308.4 kg .

11 – O pit stop mais rápido, incluindo troca de pneus e motorista foi conquistado pela Porsche com o tempo de 1:13.9 minutos .

12 – A parada mais rápida para reabastecimento foi em 51,3 segundos.

13 – No total, os três Porsche gastaram 95 minutos e 36 segundos nos pits. O tempo para a segunda melhor equipe com três carros estava foi de 130 minutos.

14 – 1.896 litros de combustível foram consumidos pelo carro vencedor.

15 – A caixa de velocidades do Porsche realizou 25.293 mudanças de velocidade.

16 – O piloto que mais guiou foi Neel Jani que ficou 10 horas e 10 minutos atrás do volante. No carro vencedor foi Nico Hulkenberg, com 8 horas  e 52 minutos..

17 – Mark Webber foi o quem mais perdeu peso durante a prova. Quando a corrida começou ele pesava 81,2 kg (incluindo macacão e capacete ), após sua passagem final pesou 78,2 kg .

18 – Os motoristas tiveram 0,85 litros de bebida a bordo para cada stint . A garrafa de bebida foi alterada em cada parada para reabastecimento .

19 – Quase nenhuma peça teve de ser alterada durante a corrida. Depois de sair da pista , o carro #18 teve que trocar a carenagem dianteira um novo nariz duas vezes. No #19 às oito da manhã, a equipe fez um reparo na tampa do motor  por precaução e a mudança da asa traseira durante um período de safety car .

20 – Durante as 24 horas a cada Porsche 919 teve um reabastecimento de um litro de óleo .

21 – Para obter a melhor visibilidade possível, cada um dos três protótipos tinham quatro películas destacáveis ​​sobre os pára-brisas.

22 – A mais alta temperatura ambiente durante a corrida foi de 25 graus às 16:00 horas no Sábado. A parte mais fria foi entre 3:00 – 7:00 hrs de Domingo com 16 graus Celsius.

23 – A mais alta temperatura no cockpit era de 27 graus.

24 – A noite teve oito horas de duração com o por do sol as 21:59 hrs e o nascer do sol às 05:59 hrs .

24 – 13,5 gigabytes de dados por carro foram transmitidos para os boxes durante as 24 horas .

26 – Os carros de segurança sairam quatro vezes. Incluindo as chamadas zonas lentas – os limites de velocidade em determinadas partes da pista – a corrida foi neutralizada para um total de 195 minutos.

30 – Depois de três rodadas do Campeonato Mundial de Endurance da FIA, com o dobro de pontos em Le Mans, a Porsche agora lidera o campeonato com 140 pontos , seguido por Audi (124) e Toyota (71) .

Published
3 anos ago
Categories
24 Horas Le Mans
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *