F1–Hungria – Opinião

shit_happens_57

A F1 sempre foi e sempre será uma “sociedade” movida por uma reação depois de uma ação nem sempre boa. Quem assistiu a corrida da Hungria percebeu como é bom para o esporte um escândalo como foi o que assistimos na Alemanha.  O número de punições durante a corrida mostra que a FIA está mais atenta as “burradas” dos pilotos e ao famigerado jogo de equipe.

Por outro lado os pilotos estão mais “soltos” e o que se viu é que a atual geração não aceita tudo assim tão facilmente. A bronca que Vettel deu no comissário minutos antes de ir ao pódio demostra isso.  No meu entendimento não foi justa. Em valência vários pilotos foram punidos por andar rápido demais atrás do carro de segurança, agora o jovem alemãozinho foi punido por andar mais lento. Daqui a pouco os pilotos vão ter medo de largar com o carro no sinal verde no inicio da corrida.

A FIA consegue com suas inúmeras regras e manias acabar com a graça dos esporte. Para os pilotos resta decorar um livro que não é pequeno com o que se pode ou não fazer durante uma corrida. Muito se falou do desempenho dos carros da RBR em um circuito travado e a grande maioria mais uma vez queimou a língua, O time do energético mais uma vez sobrou perante os concorrentes. A Mclarem teve um final de semana triste com o abandono de Hamilton e Button fazendo uma corrida burocrática. A única que conseguiu algo mais pelo traçado travado do que pelo bom desempenho foi a Ferrari.

Alonso soube segurar Vettel de certa forma fácil. Nem sempre quem está na frente tem o melhor angulo de combate mais Alonso fez jus ao bom piloto que é. Por outro lado Vettel desapontou com um carro nitidamente melhor faltou coragem do jovem galego para com o bicampeão. Para todos os que acham que ele é um fenômeno não faltou um pouco de vontade para fazer uma ultrapassagem?

Em comparação com outro menino prodígio Hamilton, Vettel tem muito que aprender. Nem em seu primeiro ano na categoria Lewis fez tantas burradas a não ser a de não trocar os pneus no GP da China de 2007 quando atolou seu carro na entrada dos boxes. Mesmo pensando no campeonato ele poderia ter feito algo contra Alonso. Pena que o medo não deixou.

Felipe Massa também fez uma corrida sem grande destaque, se limitando a levar o carro para os boxes no final da corrida. O que todos esperavam era que ele saltasse para cima de Alonso na largada e observar como seria o comportamento de ambos. Massa já declarou que não irá mais fazer este tipo de tramóia o que em se tratando de Ferrari eu duvido muito, mas como cada um é dono das suas palavras nos resta acreditar. Nesta corrida Alonso foi superior e infelizmente essa é uma verdade que nós brasileiros temos que admitir.

A Hungria nos reservou uma boa surpresa. A ultrapassagem de Rubinho em cima de Schumacher. uma ultrapassagem feliz que poderia ter sido uma tragédia se o muro fosse um pouco mais longo. O ato de Schumy só reforça uma coisa. Que os campeões de hoje em dia não tem a hombridade dos grandes vencedores da categoria. Os atos que Alonso vem mostrando seja na pista e fora dela e o longo histórico da canastrisse de Schumacher  desde a primeira batida em Damon Hill em 1994 são os reflexos de uma categoria sem lei que pensa apenas em vender nomes e não exemplos. Nunca mais iremos ter um Fangio, ou um Senna que lutava até a última volta mais sempre de forma limpa e honesta. Não conheço episódio desses dois pilotos que tenham posto a vida de um colega em risco desnecessariamente. Senna teve aquele triste episódio com Prost em 1991  mais anos depois os dois reconheceram que muitos tiros daquela guerra poderiam ter sido evitados.

Duvido que Alonso alguma vez veio e falou algo para Massa ou mesmo Schumacher para Rubinho. Sempre fui um fã de Alonso e para mim seu maior mérito foi ter ganho do Alemão com um carro inferior. Qualidade que se demostrou tanto no ano passado com a Renault quanto este ano com a Ferrari que não são carros de ponta. Ao contrário de Schumy que sempre teve uma equipe inteiro a sua disposição e por que não dizer uma categoria não está demostrando 1% das qualidades que os entendidos de F1 costumam enaltecer.

Se Schumacher fosse punido por todos os jogos de equipe e batidas que deu duvido que teria os 7 títulos. Nos resta torcer para que tipos como Schumy e Alonso e suas atitudes não influenciem novos pilotos e que a F1 seja de novo uma categoria honrada. A próxima prova é o GP de SPA bela pista aonde provavelmente teremos uma bola atuação da RBR junto com a chuva que adora aparecer por aquelas bandas. E chuva + F1 + pilotos obstinados é sempre sinônimo de boa corrida.
Published
8 anos ago
Categories
Sem categoria
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *