“Está sendo um ano bastante difícil para nós”, afirma Bruno Senna sobre temporada no ELMS

Brasileiro disputa o ELMS com um Oreca 07. (Foto: Divulgação)

Bruno Senna e seus companheiros Arjun Maini e John Farano, esperam uma disputa difícil na penúltima etapa do ELMS, as 4 Horas de Spa, que será disputado neste final de semana, na Bélgica. O primeiro treino livre realizado nesta quarta-feira, não foi como esperado pelo brasileiro.  “Sentimos muita falta de estabilidade na traseira”, resumiu.

Sem atividades de pista hoje, Bruno passou pelo autódromo para acompanhar o trabalho dos técnicos da equipe no Oreca 07-Gibson da equipe inglesa. O carro não tem acompanhado o ritmo de vários rivais e o contato inicial com a pista comprovou as dificuldades. “Está sendo um ano bastante difícil para nós. Aqui, nem sabemos exatamente as causas do comportamento ruim. Mas vamos para os treinos livres procurando fazer o melhor possível”, disse.

Testes coletivos manhã

Testes coletivos tarde

Trinta e oito carros, divididos em três categorias, estão inscritos na prova. São 17 da classe LMP2, 14 da LMP3 e sete da GTE. Bruno tem como parceiros um jovem piloto indiano (Arjun), com experiência ainda limitada apesar da passagem pela Fórmula 2, e um gentleman driver (Farano) que, a despeito de seus esforços, ainda não conseguiu se aproximar do ritmo necessário. Entre os rivais mais qualificados da RLR MSport está o carro da Panis Barthez Competition dividido por René Binder, Will Stevens e Julien Canal, este último antigo companheiro de Bruno no Campeonato Mundial de Endurance.

As atividades de pista serão abertas amanhã a partir das 6h30 (Brasília) com os primeiros treinos livres com duração de 90 minutos. Serão retomadas sábado com a segunda sessão, com igual duração e início às 4h05. As tomadas classificatórias ficaram para as 8h02, com somente 12 minutos. No domingo, a largada será autorizada às 7h30.

Published
1 mês ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *