Equipes com equipamentos Oreca FLM09 preocupadas com as mudanças no calendário da USCC

00Dagys_-2013_91734-1_thumb-25255B1-25255D

Entre as mudanças que estão previstas para o ano que vem uma tem deixado as equipes que comente na classe LMPC preocupadas. O teto máximo de carros por classe. Ontem o blog revelou que a classe LMPC terá o máximo de 10 carros por grid, e se considerarmos que foi a única categoria que permaneceu inalterada e as intermináveis controvérsias na equalização entre LMP2 e DP provocaram uma debandada para classe.

Atualmente 4 equipes que competiram este ano na classe DP já mostraram interesse em migrar para os Oreca FLM, e como a LMP2 se manteve inalterada em termos técnicos o TUDOR SportCar Championship vai ficar mais parecida com a atual ALMS do que um misto com os carros da Grand-AM.

É a última coisa que precisava ouvir”, disse o dono da Starworks Motorsport Peter Baron. “Esta é classe onde as pessoas sabem que teremos um equilíbrio de desempenho, como os carros e os custos acessíveis, e agora eles estão limitando para 10 carros. Esperemos que haja lá dentro, mas será complicado explicar para patrocinadores estas mudanças. “

Antes do do anuncio das “cotas” a classe LMPC estava confirmada em todas as provas do USCC bem como sem o tal limite o que motivou as equipes a já planejaram o orçamento todas as provas.

Para Brian Colangelo diretor da  8StarMotorsport o medo dos organizadores é da classe ser superior as principais LMP2 e DP. “Eu acho que isso que a série tinha medo, então eles fizeram estas mudanças repentina. O maior interesse das equipes por competir na PC é principalmente por causa de suas regras estáveis, os custos conhecidos, sendo uma categoria Pro-Am, e isso faz sentido para os clientes e investidores “.

As equipes Level 5, Dragon Speed é 8Star fizeram pedidos de novos carros mas as mudanças deram uma pausa nos planos. Outra reclamação das equipes é o cancelamento das etapa de Detroit e Mosport em troca de uma corrida independente em Kansas SpeedWay ao lado da etapa de Virginia em conjunto com a IMSA Protptype Lites.

“A ideia da corrida em VIR, eu entendo isso. Perder Detroit é bastante catastrófico. Mas Mosport é uma grande corrida e um ótimo negócio. Quando você substituí-lo por Kansas City, torna-se um insulto “, disse o proprietário da equipe RSR Paul Gentilozzi.

As mudanças afetam não apenas a compra de novos carros mas também a contratação de novos pilotos.

“Eu não sei como isso vai afetar o que fazemos”, disse Gentilozzi. “Se tudo isso vai matar o que fazemos, reduzir o que fazemos, mas posso dizer que se corrermos a temporada completa no PC e não estivemos pela luta do campeonato não iremos para Kansas. O custo de $ 100-125,000 por carro, por evento. Por que você vai para uma corrida que é essencialmente um clube de fim de semana? ” dispara.

Já Brian Alder dono da equipe BAR1 Motorsports é a favor da etapas de Kansas e VIR, já que a equipe planeja competir na Protoypes Lites ano que vem. “Eu acho que neste aspecto é muito legal, na verdade”, disse Alder. “Nós estamos pensando em por dois carros IMSA Lites no próximo ano, por isso essas mudanças nos beneficiam, além de ser um fator positivo para a série IMSA Lites também “.

Para Scott Atherton presidente da IMSA e ALMS todas as mudanças causam algum impacto.

“Eu acho que é uma reação natural a qualquer mudança restrição potencial“, disse Atherton.”Eu olhei para todas as classes que competem este ano nos dois campeonatos, e a PC tem sido uma categoria de muito sucesso para nós e tem havido um grande interesse nele. Eu acho que vai continuar por muito tempo” comenta.

Se algumas equipes que estão planejando competir porém pensam em desistir, eu prefiro que seja entre os dias 11 de outubro de 11 de janeiro.” Dispara. Atherton não descartou possíveis mudanças em curso, salientando que as diretrizes de capacidade em cada classe serão alteradas com alguma dificuldade.

Eu serei o primeiro a dizer que vamos deixar em aberto a possibilidade de voltar e corrigir ou modificar algo novamente”, disse ele. “Eu não acho que nós estamos regredindo. Acredito que a informação que nós estamos trabalhando é factual. Mas muita coisa pode acontecer entre agora e o começo dos trabalhos em Janeiro”.

Fonte: Sportcar356.com

Published
5 anos ago
Categories
2014FLMUnited SportsCar Racing
Comments
Comentários
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.