Endurance Brasil disputa o “Chevrolet Absoluta 500” em Interlagos

AJR #88 de Orige, Kray e Muffato (Bruno Terena/MS2)

O Endurance Brasil volta à pista, desembarcando em Interlagos, para a disputa da 2ª edição da CHEVROLET ABSOLUTA 500 prova válida pela segunda etapa da temporada. 

A prova promete! Com a previsão de um grid de mais de 30 carros com potentes máquinas entre protótipos e GTs prometem uma disputa acirrada no mais badalado circuito brasileiro, entre as cinco categorias.

Na liderança do campeonato a Lamborghini Huracán GT3, que venceu, a primeira etapa em Curitiba, terá Chico Longo dividindo o carro com o campeão da Stock Car 2015 Marcos Gomes. A categoria GT3 tem ainda duplas experientes e de destaque no automobilismo, os atuais campeões da categoria Marcel Visconde e o bicampeão da Stock Car Ricardo Maurício com o Porsche 911 GT3 R #70, Xandy e Xandinho Negrão com a Mercedes AMG GT3 #09, e os irmãos Fabio e Wagner Ebrahim com o Audi R8 LMS #20.

A categoria P1, que inclui potentes protótipos, promete fazer frente aos “carrões” e brigar pela vitória da prova. Pole em Curitiba, o AJR #88 do atual campeão Brasileiro de Marcas, Vicente Orige, que tem como companheiros Carlos Kray e David Muffato, além do multicampeão Tubarão #05 de Tiel de Andrade e Julio Martini, líderes da categoria; outros nomes fortes entram nessa disputa como o MCR Lambo #18, que tem o trio Cláudio Ricci, Fernando Poeta e Humberto Giacomello na disputa.

A GT4 é outra categoria que brilha na Endurance Brasil, e nessa etapa terá a reedição da dupla Henry Visconde e Marcio Basso, a bordo do Audi RS3 LMS #64, e a estreia do a Mercedes CLA AMG #63 com Sergio Ribas dividindo o comando do carro com Paulo Varassin.

Na P2, a liderança é de Cali Crestani e Fernando Stedile (Tornado #03) seguidos de Henrique Assunção, Fernando Ohashi, Fernando Fortes e Emílio Padron (MRX #75). Quem domina a competição na categoria P3 são os irmãos Gustavo e Rafael Simon (MRX #56)

Diretor da Chevrolet Absoluta e também piloto da categoria, Ney Faustini diz que ter a prova do Endurance Brasil em São Paulo, no Autódromo de Interlagos, dá uma maior dimensão ao campeonato, que é o que mais cresce no país, e a chegada de novos e modernos protótipos somado a importação de carros da GT3, de última geração, conferem importância única ao evento. “A oportunidade de nomear a prova, como CHEVROLET ABSOLUTA 500, pelo segundo ano consecutivo, já era um anseio pessoal nosso, e que ficou ainda mais valorizado, quando vimos à possibilidade de trazer mais público a prova, o que iria colaborar para a finalidade social e filantrópica da nossa Associação de Pilotos”, destacou.

“Aliado a isso, correr no nosso autódromo sede, dividindo um carro que estamos desenvolvendo com meu filho, me dá uma satisfação muito grande. Agora, estamos ansiosos pelos resultados da prova, principalmente, com relação ao público e ao retorno que possamos dar ao Instituto Ingo Hoffmann. Quanto ao público que comparecer a prova tenho certeza que ficará satisfeito com o que vai assistir, pela qualidade e velocidade dos carros, e pelo alto nível dos pilotos”, salientou.

A prova é promovida pela APE – Associação de Pilotos de Endurance e tem o apoio da Stuttgart Porsche, com quatro etapas do campeonato acontecendo em programação conjunta com eventos do Porsche Club Brasil, inclusive neste final de semana.

Published
3 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *