Crise do grupo VW pode por fim ao programa GT da Porsche no WEC

Perderemos o 911? (Foto: Porsche AG)

Perderemos o 911? (Foto: Porsche AG)

Mais um capítulo da novela da crise envolvendo o grupo VW. Após os escândalos dos seus motores a diesel, e por conta de multas bilionárias, o programa GT da Porsche no Mundial de Endurance pode não ver a luz do dia em 2016.

Conforme informa o site Motorsports-Total o programa oficial da classe GTE-PRO pode não continuar no próximo ano, e seu chefe Olaf Manthey pode deixar o automobilismo por decisão do grupo. Porsche detém uma participação de 51 por cento na equipe Manthey, comprada em 2013. Manthey é um dos principais nomes do automobilismo alemão.

Manthey disse ao site Sportscar365 em Xangai que o futuro do programa GT seria decidido no começo de Dezembro. O chefe do programa GT da marca Frank-Steffan Wallser não esteve presente nas duas últimas etapas do campeonato, o que só faz aumentar as especulações.

Se no WEC as coisas são incertas, nos EUA os dois 911 RSR estão confirmados para o próximo ano no Weathertech. Mesmo assim a falta de carros oficiais no WEC deixa um buraco complicado de ser fechado a curto prazo.

A equipe Proton que tem dois 911 RSR na classe GTE-AM descartou ir para os “profissionais” no próximo ano devido aos custos. Para piorar deve alinhar apenas um Porsche.

Lembrando que a Ford vai voltar a classe e uma briga com o mítico 911 seria um dos destaques do campeonato. Em contra partida a nova versão do 911 RSR está em desenvolvimento e deve ganhar as pistas no inicio de 2017, o que pode por em xeque as afirmações do site.

Published
4 anos ago
Tags
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *