CORE Autosport conquista vitória em Road America

(Foto: Divulgação)

A CORE Autosport venceu pela segunda vez consecutiva na IMSA. O feito ocorreu neste domingo, 05, no circuito de Road America. Colin Braun levou o Oreca 07 #54 a primeira posição com uma vantagem de 2.389 segundos para o Oreca #99 da JDC Miller Motorsports, pilotado por Stephen Simpson.

Se prevalecendo da estratégia, Braun aproveitou a parada de Jordan Taylor no Cadillac #10 e Jonathan Bomarito no Mazda #55, para alcançar a primeira posição. Como é tradição no circuito a vantagem de quase 10 segundos para o #99 caiu para pouco mais de 2 segundos na última volta. A vitória foi literalmente no sufoco, já que o LMP2 ficou sem combustível poucos metros, após receber a bandeira quadriculada.

Resultado final

Braun dividiu o #54 com John Bennett. Em terceiro o Cadillac DPi #31 da equipe Action Express dos pilotos Felipe Nasr e Eric Curran, que tentaram surpreender o #99 na última volta, sem sucesso. O Cadillac #10 da Wayne Taylor Racing terminou na quarta colocação. Pipo Derani terminou na sexta colocação com o Nissan #22

Na classe GTLM o Ford #67 de Richard Westbrook e Ryan Briscoe venceu, após Connor de Phillippi no BMW #25 abandonar na última volta por problemas de combustível. Sofrendo com o consumo e com uma vantagem considerável para o Corvette #4, Westbrook conseguiu cruzar a linha sem grandes sustos. Esta foi a quarta vitória consecutiva da Ford na IMSA.

Na segunda posição o Corvette #4 de Tommy Milner e Oliver Gavin. Em terceiro o #3 também da Corvette com Jan Magnussen e  Antonio Garcia. A Porsche ocupou as duas posições subsequentes com o #912 e #911 em quarto e quinto respectivamente. Na classe GTD o Porsche #58 de Patrick Long e Christina Nielsen ficaram com a primeira posição.

Published
2 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *