Bruno Senna e Thomas Erdos disputarão a temporada 2019 do ELMS

Bruno Senna e Thomas Erdos

(Fotos: Divulgação)

A temporada 2019 do European Le Mans Series, continua mostrando a predileção das equipes, principalmente de protótipos na Europa. Com um grid confirmado de 41 carros, sendo 32 LMP e nove GTE, Bruno Senna e Thomas Erdos disputarão a competição.

Campeão mundial de Endurance em 2017, na classe LMP2, Bruno Senna acertou participação na série por essa mesma categoria com a RLR M Sport. A abertura da temporada está marcada para o circuito francês de Le Castellet (Paul Ricard) no dia 14 de abril.

A RLR M Sport é atual campeã da LMP3 e os companheiros de Bruno serão o veterano canadense John Farano e o indiano Arjun Maini. Farano subiu para os protótipos da LMP2 depois da conquista do título da LMP3 em 2018, ano em que Maini competiu na Fórmula 2 pela Trident Racing. “Vamos correr com um Oreca-Gibson com o acerto da Rebellion de 2017”, explicou Bruno. “O carro deve ser competitivo”, acrescentou.

Thomas Erdos, o retorno

Brasileiro já competiu em diversos campeonatos de GT e protótipos. (Foto: Divulgação)

Ausente das pistas há nove anos, Thomas Erdos, teve passagens pela equipe RLR, além de vencer duas vezes na classe LMP2 em Le Mans em 2005 e 2006. Ele também é bicampeão da série.

Para está temporada, Erdos,  estará ao lado de Garett Grist e Wayne Boyd no Ligier JS P3 #3 da equipe United Autosports. O time inglês foi um dos que criticou os critérios de seleção para edição deste ano das 24 horas de Le Mans.

Garett Grist regressa à equipe depois de uma estreia de sucesso em 2018, onde terminou em terceiro no campeonato. Ele também participou com a United no Asian Le Mans Series LMP3, onde ele foi um vencedor da corrida em Buriram e terminou em segundo no Campeonato LMP3. Este ano, Garett também vai correr na Michelin Le Mans Cup ao lado de Rob Hodes.

Tommy Erdos tem uma vasta carreira em corridas, mas está fora do esporte há nove anos. O piloto brasileiro começou sua carreira de piloto em 1988, abrindo caminho entre os monopostos, incluindo a conquista do Campeonato Britânico de Fórmula Renault em 1990. Em 1995, ele se mudou para a GT Racing, fazendo sua estréia em 24 Horas em Le Mans no mesmo ano. Em 2001, Tommy entrou no British Touring Car Championship e terminou em sétimo no campeonato depois de impressionar durante todo o ano.

Em 2002, ele voltou para carros esportivos, entrando e vencendo o British GT Championship. Tommy é também um duplo vencedor da corrida Le Mans 24 Horas LMP2 (2005 e 2006) e um duplo campeão Le Mans Series LMP2 (2007 e 2010). Sua última temporada completa de corridas foi em 2011, mas continuou dirigindo e treinando em muitas disciplinas diferentes.

Wayne Boyd vai para sua quarta temporada na equipe,  retornando à equipe para sua quarta temporada. Wayne entrou pela primeira vez na equipe em 2016. No ano seguinte terminou em terceiro no campeonato. Em 2018 ele foi para a classe LMP2, também pela United. Garett Grist, Chris Buncombe e Boyd venceram a etapa da Tailândia do Asian LMS.

Erdos comemora o retorno. “Dizer que estou animado para voltar é realmente um eufemismo. Minha última temporada completa foi em 2011, quase uma década atrás, quando eu corri na Le Mans Series na categoria LMP2. O que realmente me entusiasma sobre minha volta é o time com quem vou correr e a oportunidade de trabalhar com Richard Dean e sua equipe”.

“Estou muito satisfeito – de fato, muito orgulhoso – de dizer que vou me unir à United Autosports para uma campanha completa no ELMS de 2019. Meus companheiros de equipe serão dois jovens carregadores muito rápidos em Wayne Boyd e Garett Grist. Esses caras certamente me manterão jovem e em forma, enquanto eu tento combinar seu ritmo”.

 

ELMS começa temporada com 41 carros inscritos

Calendário ELMS 2019

 

Published
1 mês ago
Categories
ELMS
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *