Bruna Tomaselli confirma presença na etapa de Curitiba do Endurance Brasil

(Foto: Divulgação)

A categoria P3 do Império Endurance Brasil contará com uma novidade em Curitiba. A catarinense Bruna Tomaselli, uma das promessas brasileiras para chegar a Fórmula Indy, confirmou presença na disputa válida pela segunda etapa do campeonato, que acontece no dia 05 de setembro. A jovem piloto de 22 anos vai competir a bordo de um protótipo MRX da equipe Satti Racing em um quarteto que contará também com Henrique Assunção, Fernando Fortes e Fernando Ohashi.

A piloto que corre nos EUA e integra os torneios que formam o chamado  “Road to Indy” competiria na W Series este ano. No entanto, por conta da pandemia do novo coronavírus, o torneio foi cancelado. “Não queria ficar parada aguardando o início da próxima temporada, então decidi ingressar em uma competição que pudesse me ajudar a me manter ativa e que, ao mesmo tempo, me ajudasse a evoluir como piloto. Foi então que surgiu a oportunidade do Império Endurance Brasil. E isso será importante para manter meu desenvolvimento e voltar para os EUA em 2021 melhor preparada”, disse a jovem que, no ano passado, foi oitava colocada na USF 2000, outra categoria e base para pilotos que almejam chegar na Fórmula Indy.

Aldoir Sette e Marcelo Campagnollo, que também competem a bordo de um protótipo MRX. 

As Quatro Horas de Curitiba do Império Endurance Brasil, prova válida pela segunda etapa da temporada 2020, está marcada para o dia 05 de setembro. A largada da prova acontece às 11h30 e a disputa será transmitida ao vivo pelo Sportv2 e pelo canal do Império Endurance Brasil no Youtube.A categoria P3 promete ser uma das mais disputadas na passagem do Império Endurance Brasil pela capital paranaense. No total, sete carros estão inscritos na prova que terá quatro horas de duração. Em Interlagos, a vitória na disputa que reúne protótipos diversos foi vencida por 

Written by Fernando Rhenius
Jornalista formado pela Universidade do Vale do Itajaí - Univali. Mandem o site Bongasat.com.br desde 2009 de forma independente. Acredita que a informação, precisa ser divulgada de forma rápida, para que o leitor possa criar seu ponto de vista, e fugir de ostracismos e "especialistas" que povoam a imprensa automobilística no pais.