Brooklands e suas “primeiras” 24 horas.

14012013-brooklands-3

Quando pensamos no termo “24 horas” pelo menos para quem curte automobilismo vem  em mente, Daytona, Nurburgring e é claro Le Mans. Talvez este seja o tipo de corrida que mais emoção trava ao espectador e é claro homens e máquinas. Porém poucos sabem que este conceito surgiu bem antes de Le Mans ou dos outros circuitos. Estamos falando de Brooklands.

Localizado na Inglaterra Brooklands foi o primeiro circuito construído para abrigar corridas de automóvel já que naqueles tempos a maioria das provas era realizada nas ruas das grandes cidades e acidentes não eram poucos, isso nos idos de 1907

Também foi no circuito que a primeira tentativa de uma corrida de 24 horas tomou corpo isso depois de 11 dias da inauguração do circuito. Selwyn Edge médico foi um dos primeiros a tentar tal façanha porém suas perspectivas não eram boas “18 horas será muito” ele dizia. O carro pilotado por Edge é um Napier e sua odisseia começou no dia 28 de junho de 1907 e com o cair da noite 350 “lamparinas” iluminavam a pista.

Contrariando todos e pilotando sozinho o carro amanheceu correndo e com ele mais 4 pilotos em outros dois carros.. No final das suas 24 horas completou 2.569 km com uma média de 107,25 km/h. Nem nas primeiras 24 horas de Le Mans 17 anos depois a distancia e a média não foram batidas (2.210 km e 92 km/h). Mal sabia ele que o conceito de uma corrida de 24 horas seria tão difundido nos anos vindouros.

Atualmente o circuito é está em ruinas mas a grande reta e o grande oval ainda podem ser vistos e visitados. Clique no link abaixo e acesse o facebook do BONGASAT BLOGGER com um especial de fotos de Brooklands.

Circuito de Brooklands

Published
7 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *