BoP desfavorável tira Aston Martin #95 de Xangai

Um Aston Martin a menos. (Foto: FIAWEC)

Um Aston Martin a menos. (Foto: FIAWEC)

As vésperas da penúltima etapa do WEC neste final de semana em Xangai, a Aston Martin por meio de nota confirma que o #95 não vai participar da prova.

O carro que é administrado pela AMR, mas leva o nome de Young Driver não vai correr por conta dos ajustes de BoP desfavoráveis segundo o chefe da equipe John Gaw.

Assim os pilotos Marco Sorensen, Christoffer Nyhaard e Nicki Thiim só devem aparecer na última etapa no Bahrain. “Prestamos serviços para eles, e eles fazem tem a decisão de competir ou não. sobre se ele compete ou não”, disse Gaw.

O esquadrão inglês vem sofrendo com os ajustes de desempenho nas últimas provas. O último pódio foi na etapa de SPA. Em Le Mans a equipe teve um aumento no restritor de ar para o motor em 29,1 mm. Após a grane clássica uma nova redução para 28,6 mm em Nurburgring. Para Fuji um aumento de 0,2 mm. Tantas mudanças tiraram entre 10 e 20hp segundo a Aston.

A decisão da Young Driver deixa dois Astons na classe  GTE Pro: o # 97 conduzido por Darren Turner e Jonny Adam; e o #99 deFernando Rees, Richie Stanaway e Alex MacDowall. O Porsche teve uma redução de 5kg no peso mínimo para Fuji.

“Só graças à uma estratégia inteligente e uma condução fantástica fomos capazes de chegar perto de ganhar GTE Am. Xangai parece que vai ser uma história semelhante e, ao mesmo tempo vamos claramente com a intenção de fazer o melhor que pudermos, com o déficit de desempenho, temos um grande desafio pela frente.”

Published
3 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *