BMW de olho nas regras do Mundial de Endurance 2020/21

BMW quer ganhar na geral em Le Mans. (Foto: Divulgação BMW)

O conceito de “hiper carro” que vai substituir os protótipos LMP1 na hierarquia do endurance do ACO e Mundial de Endurance, ganhou mais uma montadora interessada nos rumos, em que o futuro regulamento está tomando, a BMW.

Em declarações para o site Motorsport.com., o diretor de competição da marca, Jens Marquardt confirmou a participação nos grupos de estudos promovidos pela entidade francesa. “Nossa intenção principal em participar é ter uma ideia dos planos futuros que são feitos pelo grupo de trabalho técnico, especialmente no que diz respeito a tecnologias futuras. Esta é a nossa abordagem habitual – como companhia, é claro que queremos nos manter informados sobre os desenvolvimentos da mais importante série de automobilismo.”

Marquardt afirmou que busca uma equação positiva para a BMW, alinhando a produção em série com energias sustentáveis e é claro, custos. Não é de hoje que opções para combustíveis fósseis estão na ordem do dia da montadora. Estudos com células de combustível de hidrogênio, poderiam alimentar um protótipo em Le Mans nos próximos anos.  O presidente da ACO, Pierre Fillon, declarou que deseja ver um carro livre de emissões em 2024, disputando a prova.

Além da BMW, Ferrari, Toyota, Aston Martin, Ford e McLaren participam dos grupos técnicos. Informações de que Ferrari e Ford deixaram de participar do grupo, não foram confirmadas. A posição da Ferrari é que “não vai sair da mesa” até que o processo de elaboração de regras esteja completo, de acordo com um porta-voz, que completou, “precisamos encontrar uma solução econômica que, em nossa opinião, deveria permitir a possibilidade de explorar ao máximo a sinergia com o design e tecnologias de carros de rua”.

A Ford foi representada pela Multimatic, empresa que desenvolveu o Ford GT. Os regulamentos devem ser finalizados no início de Dezembro.

Published
11 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *