Augusto Farfus inicia maratona de corridas pelo DTM e WEC

(Foto: Divulgação)

Após um intervalo de mais de três semanas para a pausa de verão europeu, o DTM retoma suas disputas neste fim de semana (10 a 12), com a 6ª etapa do campeonato. A categoria volta ao tradicional circuito de Brands Hatch, onde não corria desde 2013, mas com uma novidade. Ao invés de usarem o traçado curto (conhecido como Indy), como aconteceu nas provas anteriores, desta vez será utilizado o traçado longo, que Augusto Farfus conhece bem, e por isso, chega confiante para brigar pelas primeiras posições e seguir em rota ascendente nesta segunda metade da temporada.

A reação apresentada pelo único brasileiro do grid na etapa de Zandvoort, realizada no meio de julho, quando teve seu fim de semana mais consistente no ano até agora, andando sempre entre os 10 melhores, com um top-5 e um 8º lugar nas corridas, e subiu duas posições na classificação geral, enche o piloto da BMW de boas expectativas para mostrar um forte desempenho novamente. 

Localizado a cerca de 30 quilômetros da capital Londres, o circuito de 3.908 metros de extensão de Brands Hatch tem majoritariamente curvas rápidas, muitas subidas e descidas, e longos trechos de aceleração. Neste mesmo traçado, quando corria pelo WTCC, Farfus já marcou uma pole position e venceu provas, assim, o piloto do carro #15 quer aproveitar dessa experiência para somar bons pontos na rodada dupla.

A prova deste fim de semana abre a maratona de compromissos nas pistas que Farfus terá nos próximos dias. Na sequência da etapa em Brands Hatch, ele continua na Inglaterra, e entre os dias 17 e 19 de agosto volta a correr pelo Campeonato Mundial de Endurance (WEC), após as 24 Horas de Le Mans, nas 6 Horas de Silverstone, dividindo a nova BMW M8 GTE com o português António Félix da Costa. No outro fim de semana, nos dias 24 a 26, ele participa de mais uma etapa do DTM, na estreia da categoria no circuito italiano de Misano. 

“Temos uma maratona pela frente, com três finais de semana seguidos de corrida, dois pelo DTM e um pelo WEC. Conheço a versão longa da pista de Brands Hatch, pois corri na época do WTCC, com pole e vitória, então tenho boas recordações. De certa maneira, as características da pista lembram Zandvoort, onde tivemos um bom desempenho, o que nos deixa bem otimistas em relação ao acerto e equilíbrio do carro, então pode ser um bom fim de semana para nós. Obviamente, o clima sempre incerto da Inglaterra pode influenciar, mas estamos confiantes. Depois fico direto para as 6 Horas de Silverstone, com agenda cheia, dois carros diferentes, com estilo de pilotagem diversos, mas é algo muito prazeroso,” comentou o piloto. 

Em Brands Hatch, as atividades de pista serão concentradas em apenas dois dias. No sábado acontecem dois treinos livres, antes da classificação e corrida 1. No domingo, os pilotos contam com mais uma sessão de treinos, assim como uma classificação e uma corrida. Ambas as provas serão transmitidas ao vivo pelo canal Bandsports, a partir das 9h30, com 55 minutos mais uma volta, e pit-stop obrigatório. Os fãs também podem acompanhar a transmissão do DTM através do site www.farfus.com, na aba Live Races. 

Programação completa do DTM em Brands Hatch (horários de Brasília):

Sábado, 11 de agosto:
5h às 5h30 – Treino livre 1 / treino de largadas
5h35 às 6h – Treino livre 2
7h20 às 7h40 – Classificação 1
9h30 – Corrida 1

Domingo, 12 de agosto:
6h às 6h20 – Treino livre 3 / treino de largadas
7h20 às 7h40 – Classificação 2
9h30 – Corrida 2

Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.