Augusto Farfus confirmado nas 24 horas de Daytona

(Foto: Divulgação)

(Foto: Divulgação)

Há quase dois meses, Augusto Farfus disputou a última etapa do campeonato 2016 do DTM em Hockenheim, mas isso não quer dizer que o piloto já está de férias, muito pelo contrário. Na última semana (29 de novembro a 2 de dezembro), Farfus participou de uma sessão de testes em Jerez de la Frontera, na Espanha, para o desenvolvimento do carro 2017, que contará com um novo regulamento técnico. Os carros terão nova aerodinâmica, um motor mais potente e pneus mais macios, o que deve resultar em carros aproximadamente 2 segundos mais rápidos que os modelos atuais.

As novidades para a temporada 2017, porém, não estão somente na parte técnica dos carros. A BMW terá uma reestruturação em seu time no DTM. Em 2016, a montadora bávara esteve representada no principal campeonato de carros de turismo do mundo por oito pilotos divididos em quatro times: Team MTEK (Augusto Farfus e Bruno Spengler), Team RMG (Marco Wittmann e Timo Glock), Team RBM (Tom Blomqvist e Maxime Martin) e Team Schnitzer (António Félix da Costa e Martin Tomczyk).

Já no ano que vem, seis pilotos da BMW estarão organizados em apenas dois times: Farfus ingressará no Team RMG, ao lado do atual campeão Wittmann e do ex-F1 Glock, enquanto Bruno Spengler se junta a Blomqvist e Martin no Team RBM. A equipe Schnizter estará focada em competições de Gran Turismo e de longa duração, assim como o piloto português Félix da Costa, que foi transferido para o programa de endurance da montadora, além de continuar correndo na Formula-E. Tomczyk anunciou sua aposentadoria após 16 anos na categoria. A atual equipe de Farfus, o Team MTEK, estará dedicada ao programa de ingresso da montadora no Campeonato Mundial de Endurance (WEC), o que acontecerá de fato em 2018.

O curitibano de 33 anos se mostrou animado com a mudança, e acredita em um ano vitorioso com sua nova equipe, já que eles conquistaram o título de pilotos com Wittmann em 2014 e 2016, e o título de melhor equipe em 2014. Por ser um ano de novidades no regulamento técnico, o trabalho de três pilotos experientes dentro do time irá otimizar o desenvolvimento do carro e testes de acertos, mesmo com o curto tempo de treinos durante as etapas.

Das nove rodadas duplas previstas no campeonato 2017, apenas as duas primeiras já tem data e local confirmados. Como de costume, a abertura da temporada acontece em Hockenheim, entre os dias 5 e 7 de maio, e a segunda etapa acontece duas semanas depois, em Lausitzring, ambas na Alemanha.

“Apesar do campeonato ter acabado há quase dois meses, seguimos trabalhando intensamente no desenvolvimento do carro 2017, quando teremos um novo regulamento técnico. Tivemos sessões de treino no Estoril e em Jerez, e o carro se mostrou cerca de 2 segundos mais rápido. Além disso, estou muito animado por fazer parte do Team RMG a partir do ano que vem, será ótimo correr ao lado do Wittmann e do Glock, e juntos vamos em busca de uma temporada vitoriosa. Agradeço também a todos do Team MTEK por um 2016 de muita dedicação e aprendizados”. Disse Farfus

Desafio em Daytona

BMW já revelou seu Art Car para o próximo ano. (Foto: BMW)

BMW já revelou seu Art Car para o próximo ano. (Foto: BMW)

Antes de tirar alguns dias de descanso para as festas de fim de ano, Augusto ainda tem mais um importante compromisso nas pistas. Entre os dias 12 e 13 de dezembro, ele participa dos primeiros treinos de preparação para disputar novamente as 24 Horas de Daytona – que serão realizadas de 26 a 29 de janeiro, marcando a abertura do IMSA WeatherTech SportsCar Championship.

Farfus terá como companheiros o canadense Bruno Spengler, o norte-americano Bill Auberlen e o britânico Alexander Sims, a bordo do “Art Car” da BMW, modelo M6 GTLM, que terá uma pintura especial feita pelo artista norte-americano John Baldessari – cujo estilo mescla fotos cotidianas e pinturas modernas. Essa não é a primeira vez que a BMW transforma seus carros em obras de arte. Na verdade, até agora já foram 17 modelos customizados por artistas como Andy Warhol e Jeff Koons (o mais recente, em 2010), por exemplo.

“Essa será a quinta vez que corro as 24 Horas de Daytona. Vamos iniciar agora nossa preparação para essa prova tão importante, já batemos na trave na busca pela vitória em 2015, e teremos novamente um grande time para brigar por esse resultado. Além disso, será um prazer pilotar o Art Car da BMW, que é conhecida por transformar carros em obras de arte, isso fica marcado na história”.

Published
2 anos ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *