Aston Martin Valkyrie não terá sistema híbrido no WEC

Esportivo estreia em 2020. (Foto: Divulgação)

A Aston Martin confirmou nesta segunda-feira, 02, que seu hipercarro, o Valkyrie, não terá sistema híbrido. O carro está confirmado para a temporada 2020/21 do Mundial de Endurance. 

O presidente da Aston Martin, David King, disse em entrevista a jornalistas que estavam em Silverstone, que o carro que é equipado com um motor V12 de 6,5 litros não terá qualquer tipo de recuperação de energia. King explicou que não existe a necessidade de desenvolver tal sistema já que o V12 tem aproximadamente 1160 hp. Pelos novos regulamentos, o motor dos novos carros deverá ter cerca de 750 hp. 

“É uma pergunta que se responde facilmente com a escolha do motor do Valkyrie”, disse ele.“Uma combinação da potência do motor de combustão e elétrico, é algo que nosso enorme motor V12 não precisa. Vamos afiná-lo para torná-lo adequado para corridas”.

“O carro de estrada tem alguns elementos híbridos. O carro de corrida não terá”.

Entende-se que o desejo da Aston Martin por um trem de força não híbrido foi fundamental na mudança dos regulamentos feitos em junho para permitir que não-híbridos entrassem na nova classe.

“Você não teria um motor desse tamanho e peso e, em seguida, adicionar os elementos híbridos e elementos de acionamento elétrico”, disse ele. “Não colocaríamos um motor menor para que pudéssemos ter um híbrido também. É por isso que todo o debate sobre equivalência  de tração nas quatro rodas / tração nas duas rodas foi tão importante que levou à finalização dos regulamentos.”

“Tinha que ser o caso de termos um carro com tração nas duas rodas quando estiver molhado, caso contrário, isso se tornaria uma loteria. Você estaria apostando se Le Mans ficaria ou não seco dentro de dois anos, para decidir qual é o layout do seu trem de força”.

O esportivo da Toyota, o GR Super Sport, terá sistema híbrido. O fabricante não revelou maiores detalhes até agora.

Published
3 meses ago
Comments
No Comments
Written by Fernando Rhenius
Apaixonado pelo automobilismo, seja ele real ou virtual. Me envolvi com o Endurance há muito tempo e desde 2009 tento, levar um pouco de informação e conhecimento sobre uma das principais categorias do automobilismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *